terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Homenagem a Irmã Portela


Dia 12 de janeiro de 2011, na Biblioteca Pública Municipal de Cruz, a partir das 19h a Religiosa Irmã Maria da Piedade Portela será homenageada por seus serviços prestados a este Município dentro das Festividades da Semana da Emancipação Municipal de Cruz. Ela será representada por umas da religiosas da Congregação das Missionárias Reparadoras do Coração de Jesus. 
 
Na ocasião da Noite acontecerá também a Publicação do Livro Alma Desnuda de Paulo Roberlando, Divulgação do Concurso de Produções Textuais da Semana da Emancipação Municipal, Certificação a alunos do Projeto Música na Escola, entre outras atrações.
 
 
Memória de sua vida, escrita pela irmã Neves, da Casa do Menino Deus, em Sobral.

BIOGRAFIA DE IRMÃ PORTELA
Ainda que nascendo num período de grande crise, de conflitos e de medo, como era o período da Segunda Guerra Mundial, vem à terra uma criatura escolhida por Deus para ser sinal de reparação e união.
Sob a proteção de Nossa Senhora da Piedade, nasce no dia 15 de setembro de 1941, a criança que viria ser a filha, a irmã, a religiosa dedicada e piedosa, como o próprio nome a expressa: MARIA DA PIEDADE PORTELA, filha muito amada do casal cristão João Batista Portela (in memorian) e Maria Carneiro Portela, 99, mais conhecida como Cotinha. Se pelos frutos se conhece a árvore, podemos também dizer que bons frutos têm uma árvore boa. Assim podemos compreender o berço familiar, religioso e cultural que nossa querida Irmã Portela tem.
Nascida de uma família piedosa e justa, é levada a pia batismal muito bebezinha, a menos de um mês de seu nascimento, aos 05 de outubro de 1941. Assim se dá com o sacramento da Crisma que, em 14 de outubro de 1944, já recebe o Espírito Santo que será sempre a sua fonte geradora de graça, na qual ela deposita toda a sua confiança, como ela mesma deixou seu recado, em janeiro de 2000: “Depois de um tempo de ativismo, em que a gente se desgasta muito, tanto o físico quanto o espiritual, é o tempo da graça para se reabastecer, para uma retomada, para renovar-se pela graça do Espírito Santo” (25.01.2000).
Foi por confiar em Deus e desejosa de se consagrar a Ele de forma radical, é que ela encontra na Congregação das Missionárias Reparadoras do Coração de Jesus a fonte inspiradora para viver uma vida consagrada e aos 25 de março de 1963, recebe o hábito de noviça na Congregação cujo carisma foi assimilado por ela tão profundamente: AMAR – REPARAR E EVANGELIZAR. E para culminar sua vida vocacional, faz a primeira profissão religiosa aos 15 de agosto de 1965, com os conselhos evangélicos, sendo testemunha de fidelidade e amor no seguimento a Jesus Cristo pobre, obediente e casto.
Tinha um profundo e sincero amor ao Sagrado Coração de Jesus, cuja vida de oração era percebida não só por palavras, sobretudo por uma vida intensa de sacrifícios e amor. Sempre se colocou na disponibilidade do Espírito Santo quando chamada a assumir uma missão na Congregação: Coordenadora Local, Pastoral Paroquial, Coordenação Escolar, Secretária e Ecônoma Geral, Conselheira Geral e Superiora Geral da Congregação.
Esteve doze anos à frente da Congregação das Reparadoras e foram anos de grande provação, pois as dificuldades eram tantas. Também foram anos de esperanças e abnegações, próprias de alguém que sabe em quem confiar. Em nenhum momento quis agir sozinha, ou fazer da mais alta função um cargo de poder. Sempre repetia: prefiro errar junta a acertar sozinha. Muito prudente em tudo que realizava, procurou sempre se manter na discrição, no serviço simples e de acolhida às Irmãs.
Seu apelo era uma constante: “Devemos ter um empenho, fazer um esforço para realizar bem esta Assembleia. É o Espírito Santo que nos conduz. A Assembleia é nossa. É nossa vida de Congregação que está em processo de re-fundação. Deus tem algo a cobrar de nós. Quem sabe o Espírito Santo possa falar em nós, e nós dóceis, possa Ele agir. Que nada possa tirar o objetivo de nossa Assembleia; que nós possamos sair daqui diferentes. Procuremos viver bem estes dias de muita fraternidade” (09.12.2000).
No percurso de sua vida religiosa morou em várias casas do Ceará: Sobral (por ocasiões diversas: Noviciado, Casa Santo Antonio, diretora do colégio Coração de Jesus e como Madre Geral); morou ainda em Nova Russas, Carnaubal, Cariré, Cruz e Fortaleza. Formou-se pela Universidade estadual Vale do Acaraú (UVA), no Curso de Letras, exercendo com maestria a profissão de professora, sendo querida por todos os alunos. Com dedicação assumiu a direção da Promoção Humana, escola da Congregação voltada a acolher alunos carentes, pois tinha um grande apreço pelas pessoas humildes.
Ao longo de sua trajetória de vida descobriu que o caminho só se faz caminhando e que o próximo é aquele que passa por nós, no momento que está mais precisando. Fazia caridade sem alarde e no anonimato ia tecendo a eternidade.
Deixando o exercício de superiora geral das Reparadoras foi morar em Fortaleza, onde poderia usufruir melhor da presença de seus familiares, especialmente de sua mãezinha, cuja longevidade dava a alegria de ter a genitora por perto, já que seu pai fora morar no céu. Ir. Portela sempre foi querida por seus irmãos e irmãs, sobrinhos e primos. Seu nome Piedade ressoa como uma nota harmoniosa que faz a canção ficar mais bela.
Ir. Portela, como Madre Geral, sempre se preocupou com o estado de saúde de suas Co-irmãs e disse numa certa ocasião: “Parece que Deus está querendo uma resposta da nossa parte, através do sofrimento, da doença”. Quis a providência divina chamá-la para participar do Calvário de Cristo, levando-a a passar pelo martírio da doença. Resignadamente, ao saber que precisava fazer a cirurgia, aceitou tudo. Foi como um cordeiro, vítima do holocausto. E durante seis meses e dez dias, mesma sem pronunciar palavras, soube evangelizar a todos os profissionais de saúde e visitantes que passaram pela UTI da Gastroclínica. Serena esteve o tempo todo, serena partiu, refletindo em seu olhar de êxtase a candura de um anjo que faz o regresso a Casa do Pai: o encontro definitivo com o Amado, no dia 10 de dezembro de 2010.
E partiu na certeza de que deixou o seu recado: “As ovelhas conhecessem a minha voz e me seguem”. Somos pessoas familiarizadas com a Palavra de Deus, mas às vezes preferimos viver segundo a nossa própria vontade ou aos nossos caprichos. Devemos seguir a voz do mestre: o Bom Pastor; a voz de nosso Patrono: o Coração de Jesus. Devemos pedir a capacidade de levar a sério o que Jesus nos fala. É necessário uma retomada, superação de nossos limites e defeitos, para viver melhor dentro e fora da Comunidade. Jesus e o Pai são uma só pessoa. A união era intensa e constante. A nossa vida deve ser assim. Nossa união deve ser constante. Devemos manter esta união com Cristo onde estivermos. (Palavras pronunciadas em Massapê no dia 27 de abril de 2010, por ocasião da visita do Governo Geral).
Enfim, da Ir. Maria Piedade da Portela pode-se dizer como São Paulo: Porque eu já estou sendo oferecido por aspersão de sacrifício, e o tempo da minha partida está próximo. Combati o bom combate, terminei minha carreira, guardei a fé. (2Tm 4, 6-7). E como Pe. Arnóbio ela pode dizer também: “O importante não é só começar bem, mas terminar bem”.

Descanse em paz, Ir. Portela, e interceda por nós ao Coração de Jesus.
Por: Correio da Semana.  Admin– 12/12/2010

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Livro Alma Desnuda - Paulo Roberlando

Capa do livro Alma Desnuda já está pronto para gráfica.
A publicação e Noite de Autógrafos acontece dia 12/01/2011 dentro das comemorações alusivas aos 26 anos de Emancipação Municipal de Cruz e aniversário da Biblioteca Pública Dra. Maria Inês de Farias - 24 anos.
Estão confirmados também para o evento a divulgação do V Concurso de Produções Textuais promovido para esta ocasião e entrega de prêmios aos vencedores.

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Seleção das Dissertações

As dissertações participantes do V CONCURSO DE PRODUÇÕES TEXTUAIS DA SEMANA DE EMANCIPAÇÃO MUNICIPAL 2011 em comemoração aos 24 anos de Fundação da Biblioteca Pública Dra. Maria Inês de Farias com o tema: "Diversidade étnico racial em minha comunidade” estão em fase de seleção e divulgação dos resultados. A seleção acontece exatamente no dia 15/12/2010 e o resultado para as escolas sai dia 20/12.

O Concurso que está na sua quinta edição e este ano participaram as Escolas Públicas Municipais: EEF Macário José de Farias - Pitombeiras; EEF Filomena Martins dos Santos - Canema, EEF Maria Filomena Sousa - Caj II, EEF Luís Albano da Silveira, EEF Bernardino José de Vasconcelos - Lago Velha, CEB Maria Pereira Brandão, EEF Raimunda Elvira Brandão - Lag. Salgada, EEF Manoel Antonio da Silveira - Frei Jorge, EEF Filomeno Freitas Vasconcelos - Tucuns. Nossos parabéns e agradecimentos as escolas participantes.

A noite da Biblioteca dentro da Programação da Semana de Emancipação Municipal acontecerá dia 12/01/2011, onde serão divulgados os resultados finais do Concurso, bem como acontecerá a noite da Publicação do Livro Alma Desnuda de Paulo Roberlando.
Haverá ainda a entrega simbólica de certificados de alunos concludentes do Curso do Projeto Música na Escola.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Dados comparativos sobre a população de Cruz pelo IBGE

Em reunião do dia 17/11 no Auditório da Secretaria da Saúde de Cruz, estiveram reunidos os membros da Comissão do IBGE em Cruz, sobre a coordenação do Sr. Tiago do IBGE e convidados. Na reunião foram disponibilizados dados comparativos sobre o censo de 2007 e 2010. Ainda foram discutidas situações referentes a alterações de limites do mapa existentes de acordo com a leitura do IPECE, órgão responsável pela cartografia dos mapas.


Domicílios - 2007 /2010
Ocupados -  5621/ 6144

Improvisados - 10/ 16

Fechados - 39 / 00

Vagos -  972 / 1294

Ocasional -  198 / 316

Coletivos -  11 / 5

Total - 6851 / 7775

POPULAÇÃO -  22.144 / 22.532*

* Obs. Os dados de 2010, podem sofrer alterações visto que ainda não foram totalmente concluídos e se encontram em revisão final.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Visita UNICEF a Cidade de Cruz

Em visita a Cidade de Cruz a equipe do UNICEF formada pelo integrantes Rui Aguiar - Diretor do UNICEF no Ceará e uma comitiva de Bolivianos do UNICEF, representantes do Governo (inclusive com a presença da Ministra da Autonomia) visitaram Instituições e programas sociais desenvolvidos em nossa cidade relacionados as atividades com crianças e adolescentes. Nas visitas os integrantes conheceram os projetos trabalhadas na Biblioteca Pública e visitaram também o Museu de Som e Imagem além de outros locais entre eles a Brinquedoteca e a Vila Olímpica entre outros.




Para a Ministra da Autonomia Boliviana o projeto que mais lhe chamou a atenção foi o "Projeto Cultura de Casa" de incentivo aos escritores populares da cidade.

Também comporom a comitiva Secretáários Municipais e coordenadores acompanhando a equipe pela cidade.

V CONCURSO DE PRODUÇÕES TEXTUAIS DA SEMANA DE EMANCIPAÇÃO MUNICIPAL 2011


Fazendo parte das Comemorações da Semana de Emancipação Municipal, bem como dos 24 anos de Fundação da Biblioteca Pública Dra. Maria Inês de Farias, o Governo Municipal de Cruz, lança o V Concurso de Produções Textuais da Semana de Emancipação Municipal, para as Escolas Públicas Municipais, com o tema:

“Diversidade étnico racial em minha comunidade”

Sobre a temática os alunos em parceria com o professor deverão dissertar sobre como a escola, a comunidade, o habitante da comunidade encaram o tema e o que existe de atividades realizadas neste setor ou ainda identificar essas características pelo povo ou mesmo na arquitetura, desenhos, trabalhos, entre outros aspectos. E muito importante citar no texto a contribuição de representantes da comunidade com relatos sobre o assunto. EXEMPLOS CLÁSSICOS: TRAJETORIA DO POVO NEGRO OU INDIGENA EM CRUZ. RAÍZES DA COMUNIDADE COM POVOS INDIGENAS OU AFROBRASILEIRA. IDENTIFICAÇÃO DE TRADIÇÕES FAMILIARES E DA COMUNIDADE ATUAIS QUE SE ASSEMELHEM A AS TRADICÕES AFRICANAS OU INDIGENAS (LAZER, EVENTOS DA COMUNIDADE QUE SE INTERLIGAM A CULTURA AFRO E INDIGENA, RELIGIOSIDADE, HABITOS ALIMENTARES, MORADIAS, PAPEIS SOCIAIS, JOGOS BRINCADEIRAS, ENTRE OUTROS). ABORDAGEM DA QUESTAO RACIAL NA ESCOLA.
Cada escola poderá inscrever uma produção textual (dissertação) de alunos que estejam matriculados nas turmas do 8º e 9º ano das suas respectivas escolas. Os autores das duas melhores dissertações classificadas terão suas produções exibidas e lidas na noite da Biblioteca dentro da Semana de Emancipação Municipal, divulgados tais resultados e produções no site de Cruz e blog da Biblioteca e ainda receberão uma premiação ofertada também pelo Governo de Municipal de Cruz.

1ª FASE DO CONCURSO
O concurso acontecerá no período de novembro a 8 de dezembro de 2010 e será divulgado por meio de ofício, do Site Municipal de Cruz (www.cruz.ce.gov.br), do Blog da Biblioteca (www.bibliotecapblicamunicipal.blogspot.com) e da rádio 6 de abril.
Ao longo deste período as escolas serão responsáveis em organizar ações internas para selecionar 01 única produção por escola para o concurso, nos anos escolares participantes (8º e 9º anos) a ser enviada para a Coordenação Municipal de Cultura. A temática fará parte das atividades desenvolvidas pela escola para o tema específico do Selo UNICEF - Arte, Cultura e Comunicação para a Diversidade Etnoracial; A identificação dos autores das produções deverá ser escrita no verso da folha, com nome, ano, turma, turno e escola que estuda, não sendo aceito escrever nenhuma espécie desta identificação, na parte da folha que contém a produção. Para escolha na escola é orientada a formação de uma comissão constituída por representantes do Núcleo Gestor, representantes de professores e pais de alunos (que não estejam participando do concurso).
É de responsabilidade da escola a escolha e o envio da produção selecionada a Secretaria de Educação, aos cuidados da Coordenação Municipal de Cultura.

2ª FASE DO CONCURSO
As produções selecionadas serão avaliados por uma comissão de professores e representantes da Secretaria.
A relação dos vencedores serão divulgados a partir do dia 15 de dezembro, com a respectiva data a receber seus prêmios.

PREMIAÇÃO
Os alunos que ficarem entre as três primeiras colocações, receberão seus prêmios na Semana de Emancipação Municipal, na terceira semana de janeiro de 2010.

Mais informações:
Secretaria Municipal da Educação – 88 3660 1260
Coordenação Municipal de Cultura – Evaldo Vasconcelos .

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Poesia aos Professores


valterfigueiredo.com


SENTIMENTO DE EDUCADORA





Meus alunos são meus amigos
Por eles me dedico
E tenho muita atenção
Quero vê-los bem sabidos
E com boa formação.

Eles são pessoas especiais
Que moram em meu coração.

Peço-lhes caros alunos
Que estudem com paixão
Para que participem das aulas
Com bastante empolgação.

Enviado por: Rosângela Albuquerque 
Professora da EEM São Francisco da Cruz
Uma homenagem a todos os educadores de nosso Múnicípio.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Relatório Agosto - Escola Nova - Proj Música na Escola

CEB MARIA PEREIRA BRANDÃO

PROJETO LEITURA CONECTADA
RESUMO DE LEITURA
MÊS DE AGOSTO

ASSUNTO: O cãozinho Rex DATA: 11/08/2010

Sou o cãozinho rex, muito alegre e brincalhão! Meu pai e um ótimo cão pastor. Ele sai de noite para levar o gado ao campo. Gosto quando ele me conta suas histórias. Quere ser igual a ele. Tomo leite com meu irmãozinho e saio para brincar. Mais tarde, o dono da fazenda nós chama para brincar. Ele joga gravetos bem longe, e só eu consigo trazê-lo de volta. De repente vem a chuva! E nós volta correndo para a casinha. Depois de uma ração muito especial e muito saborosa. À noite, depois de um dia muito cansativo, vou dormir com os meus irmãozinhos, bem aconchegado.

Aluno: Mateus Sousa Silveira 9 anos
 
 
MÊS DE SETEMBRO

ASSUNTO: O cão e o osso DATA: 14/09/2010


Um dia um cão estava passando com um osso,ele viu seu reflexo na água e pensou que era outra cão, com um rio, com um osso, mais grande e se jogou na água para poder pegar o reflexo, mais no dia seguinte ele pensou que era um cão muito feio, pensando ele que era ele mesmo, outro cão veio e perguntou o que ele estava fazenda, e ele explicou, o cão mais velho lhe explicou a origem do reflexo.
O cão agradeceu e sempre quando pode vai ver seu reflexo.


Aluno Savio Sousa Araujo 10 anos

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Biblioteca Pública Municipal é contemplada com 700 livros...

A Secretaria de Cultura do Estado do Ceará/Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas do Ceará(SEBP/CE) , contemplou a Biblioteca Pública Municipal Dra. Maria Inês de Farias com um Kit de 700 livros através do Projeto Biblioteca Cidadã.




Qual o Objetivo do Projeto Biblioteca Cidadã?

O livro é um instrumento de cidadania e de formação. Por meio dele, podemos compor leituras de mundo, ampliar nossos conhecimentos, desenvolver a capacidade crítica, a inclusão social e estimular a nossa imaginação. No entanto, no Brasil, são poucos os que têm acesso aos livros e aos meios da leitura. A realidade brasileira apresenta baixos índices de acesso ao livro e à leitura, baixa compreensão leitora, altos índices de analfabetismo e de analfabetismo funcional.


As redes de bibliotecas estão em situação precária, os livros têm baixas tiragens, a oferta de livrarias é insuficiente, além de uma descontinuidade das ações de políticas públicas voltadas para a promoção do livro e da leitura. 

Metas do Governo Estadual:

É na esteira desse pensamento que a Secretaria da Cultura do Estado do Ceará vem desenvolvendo o Projeto Biblioteca Cidadã, que visa a adquirir, até o final da atual da gestão do governo estadual, 3,5 milhões de livros para sua população de aproximadamente 8,2 milhões de pessoas (Fonte: IBGE/2006), além de proporcionar condições favoráveis ao funcionamento de salas de leitura e das bibliotecas distribuídas nos seus 184 municípios, capacitando seus funcionários, o que garante a qualificação necessária para aqueles que lidam com o livro.


Até 2010, portanto, teremos incentivado as bibliotecas públicas de todos os municípios do Estado, conforme suas necessidades específicas, o que faz desse projeto uma iniciativa pioneira no Brasil: nunca antes qualquer governo teve semelhante comprometimento com a “cultura  da leitura e do livro” como sendo instrumento de desenvolvimento humano, social, cultural e econômico, gerando novas oportunidades de transformação das realidades locais.

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Era uma vez... Pequenos Leitores, Grandes Escritores



A Biblioteca Pública Municipal criou uma exposição de longa duração, ESCRITOR DO MÊS - ERA UMA VEZ PEQUENOS LEITORES, GRANDES ESCRITORES, onde cada mês, é escolhido um escritor para homenagea-lo, com o bjetivo de divulgar sua vida e suas obras, além de expormos os livros que a Biblioteca possui desse escritor. A exposição tem como objetivo principal, incentivar e fortificar o hábito  da leitura.

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Projeto Cultura de Casa apóia nova publicação de Escritor Popular de Cruz

Mais uma vez o Governo Municipal de Cruz com apoio das Secretaria da Educação e Secretaria da Cultura através da Coordenação de Cultura e Coordenação da Biblioteca inicia os trabalho para a publicação do Livro do Escritor Popular de Cruz, Paulo Roberlando.

Mais um grande incentivo aos novos escritores em Cruz, que traz a poesia do Escritor Paulo,  para o conhecimento e divulgação a acontecer na Semana da Emancipação Municipal em janeiro de 2011.  Ele trará para apreciação dos leitores suas produções relacionadas as suas reminiscencias, depoimentos entre outros aspectos de sua escrita. O poeta também possui um blog voltada a expor suas produções: Uma questão de sentimentos. Confira:


O Escritor já está concluindo seus escritos que serão enviados a Gráfica para os ajustes finais de editoração e capa para estar completamente pronto no início do ano que vem.

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Visita da E.EI.F João Jaime Ferreira Gomes Filho

A EEIF. João Jaime Ferreira Gomes Filho de Aranaú, da localidade de Lagoa da Volta, visita a Biblioteca com o objetivo de oferecer aos seus alunos momentos de apreciação a leitura e o estudo da Cultura Afro-brasileira e índigena. Os alunos vieram na companhia da professora Maria Solange de Oliveira Sousa e o Coordenador da Escola.
                              Aluna realizando leitura do livro da exposição do mês de Outubro -
                                              Pequenos Leitores,  Grandes  Escritores  . 
                                              Alunos assistem o vídeo da  Entrevista da
                                             Comunidade de Quilombolas de Caiçara
                                                                    Roda de Leitura
                                                      Cantinho dos livros do Més -
                                               Pequenos Leitores,  Grandes  Escritores
                                              Alunos apreciam os livros do Acervo Geral

Palavras de apreciação e agradecimento,oferecidas pelos alunos da E.EI.F João Jaime Ferreira Gomes Filho a Biblioteca Pública Municipal.

Eu gostei muito de visitar a Biblioteca, fomos muito bem recebidos. Gostei de assistir o filme, de ler e conhecer os livros, o livro que mais gostei foi Acontece, um livro muito bom.

Aluna: Maria Janaila Silveira
Idade: 13 anos
Ano: 8º Ano A

Gostei muito de visitar a biblioteca, pois eu nunca tinha vindo aqui, o vídeo foi m,uito legal, mas o que eu mais gostei foi dos livros, porque tem vários e fica difícil de escolher. Se desse tempo eu iria ler muitos livros.
Eu gostei também muito de ver as coisas antigas do Museu... é ótimo esse lugar se eu pudesse eu vinha todos os dias só pra ler os livros.

Aluna: Antônia Maricélia dos Santos
Idade: 12 anos
Ano: 8º Ano A

O que eu mais gostei foi do Museu, porque lá tem coisas do passado, que as pessoas já possuíram, mostra a cultura passada, e que a gente pode ver e refletir como as coisas eram diferentes e agora na atualidade tem coisas novas.
Gostei muito da Biblioteca também,ela tem vários livros interessantes,porque com a leitura a gente aprende tudo, a escrever e ter um futuro melhor.
Agora deixo um conselho a todas as pessoas: acredite em você mesmo,assim voc~e alcançará os seus objetivos. Assim eu agradeço a Deus por ele ter nos dado esse dom de aprender a ler e a escrever.

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Resumo de Leitura Escolas - Projeto Leitura Conectada - Canema

A onça e a raiz

O livro fala sobre uma onça que avista uma presa fácil. A presa é um coelho, e ela começa a correr atrás do coelho, e  o coelho corre e corre, até que encontra uma toca pra descansar . A onça começa a botar sua pata na toca e pega a perna do coelho, e o coelho esperto diz que, você está pegando é uma raiz.
A onça fica meio desapontada e larga a presa e o coelho fica zombando da onça que ela fica ouvindo vozes do fundo da terra. O coelho fala: enganei o bobo na casca do ovo! Acreditou na raiz, largou  a perna , vá roer osso de perdiz..., hehehehe!!!

Aline Leitão Rocha - 13 anos - Agosto de 2010

Resumo de Leitura Escolas - Projeto Leitura Conectada - Tucuns

EEF FILOMENO FREITAS VASCONCELOS

PROJETO LEITURA CONCTADA
RESUMO DO ALUNO DO MÊS DE SETEMBRO

ASSUNTO: O MEDIGO FANTASMA DATA: 24/08/2010

Essa história começou numa noite de lua cheia de um sábado de verão das garotas conversavam sentados na varanda da casa de um deles você acredita em fantasma perguntou o mais novo eu não disse o outro acredito sim insisti-o o mais novo pode apostar que não replicou o outro tudo bem aposta minha bola de futebol que você não tem coragem de entrar, no semiterio anoite há e disse o garato que foram desafiado.


ALUNO: Maria Helena Nascimento 12 anos
Professor: Francisco Baltar

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Semana do Idoso 2010

Na Semana do Idoso 2010, o blog da Biblioteca cria um espaço para divulgar produções literárias realizadas pelos integrantes do Grupo conviver produzido em 2008.

Estão contidas poesias, músicas e textos diversos dos idosos, especialmente o Sr. Geraldo Vidal, Antonio Geraldo de Vasconcelos, Dona Dorotéia e Dona Vilanir.

Acesse o espaço de Produções literárias cruzenses neste blog e confira.
http://bibliotecapblicamunicipal.blogspot.com/2009_01_30_archive.html

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

CRONOGRAMA CINECLUBISTAS

CRONOGRAMA CINECLUBISTAS – FILMES – GRUPOS DE PARTICIPANTES

MÊS – OUTUBRO – 2010


06/10/10 - Curta Infantil Brasileiro - ( Alma carioca – Um choro de menino/ Disfarce explosivo) Filme: A fantástica fábrica de chocolate - Monitoria - Juberlândia - Lúcia Participação - Pró Jovem – Canema e PETI

10/10/10 - Animações Infanto-Juvenis ( Leonel Pé-de-vento/Lúmen) - Filme: Castelo Ra-tim-bum - Monitoria - Juberlândia e Evaldo - Cine especial para as crianças na Praça da Matriz

13/10/10 - Animações Infanto-Juvenis ( A noite do vampiro/Os olhos do pianista) - Filme: O contador de histórias - Monitoria - Juberlândia, Evaldo e Silvani - Participação - PROJETO EU SOU CIDADÃO - Amigos da Leitura

20/10/10 - Curta – Encontros e desencontros - Filme: As vidas de Chico Xavier  -- Monitoria - Juberlândia e Eulália- Participação - Comunidade de Espinhos

27/10/10 - Encontros e desencontros do amor (Km 0/ A vida ao lado) - - Monitoria - Juberlândia e Lúcia - Participação - Grupo de BrincAeróbica

Concurso de Produções e Desenhos - Semana da Independência



Desenho vencedor:
Ilustração: Antonio Joaquim do Nascimento Filho, aluno do 8º ano A do CEB Paulo Freire.
As escolas públicas de Cruz participaram produzindo textos sobre o tema e desenhos. A primeira seleção dos textos foi realizada na escola e a segunda na Secretaria.
Confira a produção textual vencedora:

A DEPENDÊNCIA DE UM PAÍS INDEPENTE

O Brasil tem crescido bastante nos últimos anos, mas ainda vivencia muitos problemas sociais. O desemprego é a dificuldade maior que nosso país luta pra que seja minimizada, mas infelizmente não se tem emprego suficiente para milhões de trabalhadores que diariamente apelam por um trabalho que lhes garantam seus direitos básicos.
Nossa Nação é marcada também por outras formas de dependência como: violência, saúde precária, desigualdade social, falta de habitação digna, poluição e o tráfico de drogas. A criminalidade a cada dia avança e atinge um maior número de pessoas que, sem emprego e perspectiva alguma de vida se desesperam e praticam desde pequenos furtos a grandes assaltos a bancos.
Uma das alternativas para aqueles que não tem oportunidades de trabalhar têm sido o tráfico de drogas, ocupação esta que envolve um elevado número de menores de idade que são usados na comercialização da droga até mesmo para aumentar o seu vício. Sem falar no envolvimento com as gangues perigosas dispostas a tudo. Infelizmente só se dão conta do estragos que fizeram, quando o caminho trilhado já não tem mais volta.
A prostituição infantil tem feito da realidade de muitos brasileiras, que com pouca idade são aliciadas a vender o que tem de mais precioso, sua dignidade. Sabemos que a escola é o melhor lugar onde o adolescente e o jovem deve se dedicar o bastante para se desenvolver, desviando do mau caminho e contribuindo ativamente na transformação da sociedade em que vivem. O desafio afinal é cuidar melhor do nosso Brasil para que de fato, nós sintamos a independência de verdade.
Texto escrito por José Júlio dos Santos Neto, aluno do 9º ano B da EEF Filomena Martins dos Santos.

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Aluno da Escola Estadual premiado em edição de livro.


Os alunos das Escolas públicas a nível nacional desenvolveram várias atividades, a partir da leitura da obra “Nos Bastidores do Cotidiano”, concluídas com a elaboração de um texto (crônica). A primeira seleção foi efetuada pelos professores nas escolas para concorrer ao prêmio de participar da edição de um livro do grande escritor e idealizador do projeto “Ler é bom, experimente!”: Laé de Sousa.

O Aluno da Escola estadual do 1º ano - Antônio Sérgio Marques da Comunidade de Cajueirinho - foi um dos selecionados com uma crônica no livro: As 50 melhores crônicas do Ler é bom, experimente! As 50 melhores crônicas foram selecionadas pelos alunos do Curso de Letras da UNICID, Universidade Cidade de São Paulo.

Confira a crônica vencedora abaixo:


O estranho encontro de Jesus com Maluco Beleza, no velório

Autor: Antonio Sérgio Marques

Professora: Maria Helena Muniz Rocha

EEM São Francisco da Cruz


Era uma noite normal e serena, Ciro cochilava tranquilamente, no velho sofá, e dona Marieta não tirava os olhos da TV. Ela asssistia a sua novela, quando de repente o telefone toca. Dona Marieta, de olhos pregados na televisão, dá um empurrão no filho, que acorda assustado como quem tivera pesadelo. Ainda meio confuso e com sono, olha para a mãe, que fala zangada:

- Ô Ciro, atende logo este telefone, que eu não consigo assistir a minha novela com este barulho!

- Maluco Beleza' correu para atender ao telefone, pois sabia que, quando a mãe lhe chama pelo nome e não pelo apelido, é porque a coisa é séria mesmo.

- Aí mãe é pra você!

- Quem é? - Pergunta Dona Marieta.
- É o 'Cabo de Vassoura', aquela sua amiga.
- Dona Marieta olha o filho com quem não gostou do jeito que ele apelidou a amiga. Pega o telefone e logo reconhece, pela voz da amiga, que algo muito ruim aconteceu.
- Dona Julieta chorava desesperada, coitada. Também, não era pra menos. Ligou para avisar da morte de seu filho mais novo em um acidente de carro.
O 'Maluco Beleza' não gostava muito de velórios, mas foi até lá arrastado pela mãe até a casa de Dona Julieta. O ambiente é de tristeza total, com choro para tudo quanto é lado.
Dona Marieta consola a amiga, enquanto 'Maluco Beleza' tenta controlar, mas não consegue olhar para alguém, sem lhe por um apelido.
Era “Chorão”, “Desesperado 74”, “Kiki falso 17”, “Tiririca”, “Zé do Caixão” e sempre retornava o olhar para um homem estranho de cabelos e barba grande, que vestia uma roupa esquisita e já tinha sido apelidado pelo 'Maluco Beleza' de “Cabeludo da Moda Antiga”.
O homem, irritado com aquelas olhadas de 'Maluco Beleza', vai até ele com o olhar de quem leu o pensamento e não gostou.
Vendo a cara de assustado de 'Maluco Beleza' o homem olha para ele e fala com sinceridade:
- Não se assuste, sou Jesus e já voltei! Estou de volta para levar os puros e dizimar os pecadores. Como 'Maluco Beleza' não acredita, desafia Jesus:- Se tu és Jesus, então ressuscita o “Esqueleto arrebentado” aí e me coloca no lugar dele, “Cabeludo a Moda Antiga”.
- Jesus sabia que 'Maluco Beleza' estava brincando, mas vendo sua falta de fé, resolveu realizar o seu pedido. Para surpresa de todos com um piscar de olhos, Jesus colocou 'Maluco Beleza' no lugar do morto que, no mesmo instante, saiu andando entre os vivos.
- Jesus, então avisou a todos que se preparassem para o fim do mundo, que já estava bem próximo e, em seguida partiu para o Céu, onde encontrou 'Maluco Beleza' que se ajoelhou, rapidamente, aos pés implorando:
- Não me mate, não me mate, por favor não me mate!

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Olimpiadas de Lingua Portuguesa







Olimpiadas de Lingua Portuguesa do Escrevendo o Futuro, das quais participaram todas as escolas Públicas de Cruz no gênero Poesia, Memórias e Crônicas foi avaliada, dia 26 de agosto na Secretaria da Educação de Cruz pela comissão de Avaliação composta por profissionais ligados a área de Linguagens e Códigos.

Todos os textos produzidos pelos alunos, inclusive os vencedores,estarão disponíveis para leitura e acesso no blog do Selo UNICEF, após suas digitações pela Coordenação da Biblioteca de Cruz.

Todas as produções são voltadas ao lugar onde as crianças vivem e relatam fatos muito importantes e interessantes sobre a realidade de vida de cada uma delas, bem como dos moradores antigos entrevistados pelo trabalho.
Vale a pena conferir.

Relatório Leitura Conectada - Preá

PROJETO LEITURA CONECTADA
EEF LEOPOLDO MANOEL DE MEDEIROS
RELATORIO DO ALUNO
MÊS DE JUNHO

ASSUNTO: Brás, Bexiga e Barra Funda DATA: 02/08/2010
Essa história fala de uma menino muito danada, mas como todo menino danado ele tinha um sonho o seu sonho era trabalhar com uma madame.
Gaitoninho era um menino que andava pelo o meio da rua com todos grilado para ele sair do meio. Quando ele viu sua mãe com uma cara de brava e uma chinelo na mão já sabia que ia apanhar.
Carlo diz seu sonho virou realidade já trabalhava com uma madame a carregando na charrete os pacotes de suas compras.
Quando uma pessoa quiser realizar seu sonho tem que se esforça para realiza, pois sem esfoço nunca vamos realizar nosso sonhos.

Aluno: Maria Adriana Sobrinho 13 anos 8º ano

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Relatório Junho - Leitura Conectada

EEF FILOMENO FREITAS VASCONCELOS
PROJETO LEITURA CONECTADA
RESUMO DE LEITURA DO ALUNO
MÊS DE JUNHO

ASSUNTO: FESTA NA ROÇA DATA: 08/06/2010

Os bichos da floresta estavam preparando uma festa de São João cantavam músicas de caipiras dançavam quadrilha e armavam o arraia, todo mundo contente na festa so não a sapinha zela que reclamavam sem parar eu queria era soltar balão mais eu não posso porque e perigoso so minha filha pode tocar fogo nas coisas é proibido. Ai eles foram felizes para sempre.

Aluno: Maria Helena Nascimento Silva - 12 anos

terça-feira, 13 de julho de 2010

Segunda Sessão do Cine Mais Cultura

Exibimos no dia 12 de Julho de 2010, na Biblioteca Pública Municipal, mais uma Sessão do Cine Mais Cultura.

Tivemos como participantes do momento, crianças da comunidade geral e ainda contamos com a participação especial do PETI (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil).


Para apreciação do público, foi exibido os desenhos Alvin e os Esquilos (2) e Caillow - ensinando as crianças as boas maneiras para uma melhor convivência familiar.

Na monitoração da noite estiveram presentes: José Evaldo de Vasconcelos - Coordenador da Cultura, Juberlândia Farias - Coordenadora da Biblioteca e Pedro Damasceno - Articulador Cultural.
Esse, foi mais um momento cultural, que proporcionou muito alegria para a criançada presente.

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Relatório - Maio - Escolas do Proj Música na Escola 2010

EEF MARIA FILOMENA SOUSA
PROJETO LEITURA CONECTADA
MÊS DE MAIO


ASUNTO: A lenda da lua cheia
DATA: 02/05/2010
A história falava dos mistérios da lua, sua serventia no céu. O livro diz que primeiro vieram as estrelas depois foi que veio a lua, mas ninguém sabia como ela surgiu, apareceu no céu até que uma velha índia contou que antes de ser lua, era uma cabeça de um índio vencido em batalha que fora arrancada seus companheiro enrolaram a cabeça em embiras, porém ela escapou e foi rolando atrás dos homens que era seus companheiros, os homens para escapar, nadaram até chegar na outra margem do rio e subiram em uma arvore cabeça conseguiu atravessar o ria e chegou na arvore, os caras jogaram os frutos da planta longe e a cabeça foi atrás, deu certo eles fugiram para a tribo, todos com medo fecharam as portas a cabeça ficou só e resolveu virar lua. Subindo ao céu lentamente amarrada com uma grande quantidade de embira.
Aluno: Alexandre Frank Rocha 13 anos

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Sessão Inaugural - Cine Mais Cultura - Cruz


Na Biblioteca Pública Municipal Maria Inês de Farias, no dia 08 de julho de 2010, aconteceu a 1ª Sessão do Cine Mais Cultura em Cruz, com a participação de 37 pessoas.


O público foi dirigido para os alunos do Programa Segundo Tempo que funciona em Cruz.
Estiveram sobre a monitoria do dia: Eulalia Carla Muniz, Cineclubista, Edson Muniz,Coordenador do Segundo Tempo em Cruz, Evaldo Vasconcelos Coordenador de Cultura e Ainda a Cooordenadora da Biblioteca Juberlandia Farias.


Foram exibidos na sessão de Cinema: Documentário da TV Cidade, sobre Cruz: Riquezas de Cruz; Projeto Recreio e o filme: Invictus, que fala sobre como Nelson Mandela utilizou o esporte para mudar a história de racismo do país.

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Relatório Maio - Canema - Projeto Leitura Conectada

EEF FILOMENA MARTINS DOS SANTOS
PROJETO LEITURTA CONECTADA
RELATÓRIO DO ALUNO
MÊS DE MAIO

ASSUNTO: Os Colegas DATA: 04/05/2010
Os colegas é um livro escrito por Ligia Bonjunga e conta a história de quatro amigos animais, no começo era só um cachorro, que se chamava vira-lata, que depois de muitos tempos conheceu outra cachorro e uma cadela chamada flor agora já eram três estão conheceram cara-de-pau (coelho) e o voz de cristal (urso), juntos eles sofreram e enfrentaram as dificuldade, mais também viveram longas aventuras por exemplo o bloco de carnaval que fizeram com resto de coisas velhas, ou de se arriscar pra salvar vira-lata da prisão, com voz de cristal havia fugido do zoológico, logo logo foi pego de novo, lá se apaixonou, por uma girafa, que era muito chata, as longo dos tempos ele se afastou dela e fugiu de novo agora pra trabalhar no circo onde os seus outros amigos estavam trabalhando, lá se sentia feliz
Aluna: Camila Souza Araújo 15 anos

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Relatório Leitura Maio - Lagoa Salgada e Tucuns

EEF RAIMUNDA ELVIRA BRANDÃO
PROJETO LEITURA CONECTADA
RELOTORIO DO ALUNO
MÊS DE MAIO

ASSUNTO: Você viu Rosinha DATA: 23/05/2010
Era cedo da manhã mas o sol já estava forte e claro iluminava as casas daquela rua e seus jardins. Uma mulher jovem de aparência humilde de origem sertaneja caminhava pela calçada com papel na mão anotando um endereço? Ninguem atende a casa está vazia a vizinha vai ao portão e fala com a mulher. Ninguem mora nesta casa? E a Rosinha.

Aluno: Francisca Keliane de Sousa Mouta. 8 Anos


EEF FILOMENO FREITAS VASCONCELOS
PROJETO LEITURA CONECTADA
RELOTORIO DO ALUNO
MÊS DE MAIO

ASSUNTO: Paz DATA: 13/05/2010
No mundo existe muitos tipos de seres vivos, alguns gostavam de jogar xadrez, realmente podemos ver ao nosso redor que existem muitos gostos diferentes, e importante sempre livrar e importante sempre termos respeita as diferenças por isso precisamos nos esforçar para entender todas a queles que nos cercam, se for possível tenha paz.

Aluno: Luana Vitória de Oliveira 5º ano 10 anos

domingo, 6 de junho de 2010

Semana do Meio Ambiente 2010



Dia 04 de junho de 2010, aconteceu nas dependências da Biblioteca Pública de Cruz, o encerramento da Semana Municipal do Meio Ambiente.
Um evento recheado de programações tendo como foco principal a Campanha lançada Pela vida pelo Verde e ainda o lançamento do Centro de Informações e Documentações Ambiental com a aquisição de 04 microcomputadores para a Biblioteca.
Na mesma ocasião do evento aconteceu também uma Exposição de Peças históricas de Cruz, monitorada e com o sorteio de livros (Caixinha de memórias - Arlene Holanda) para as escolas participantes. No livro cosntam fotografias de peças de nosso Museu de Som e Imagem. As escolas agraciadas com os livros foram orientadas a realizar atividades relacionadas com o tema do livro.

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Novas poesias no Blog da Biblioteca - Paulo Roberlando


Novas poesias no Espaço Produções Literárias Cruzenses do Escritor Popular Paulo Roberlando da Silva Ribeiro.

Visite e confira suas produções. Leia e descubra suas mensagens.

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Homenagens ao Dia Nacional do Livro

O Evento aconteceu na Biblioteca Pública Municipal e contou com a colaboração efetiva da Brinquedoteca Pública Municipal, Projeto Eu sou Cidadão Amigos da leitura que fizeram o evento com uma programação bastante atrativa

1ª Dama realizando a entrega de livros que foram sorteados durante o evento.
Alunos participantes das atividades.

Personagens do Sitio do Picapau amarelo interpretados pelo Projeto Eu sou Cidadão - Amigos da Leitura em Parceria com a Brinquedoteca Pública Municipal



Contação de Histórias pelos Amigos da Leitura



Dança de Roda pelos Amigos da Leitura






domingo, 2 de maio de 2010

Sorteio de Livros nas Escolas - CEB Paulo Freire






Dia 28/04 aconteceu no CEB Paulo Freire evento de abertura do Escrevendo o Futuro, com o poeta Zeca Muniz, que participou mostrando detalhes de sua vida e seu trabalho como escritor de poesias e crônicas.


Na ocasião foram convidadas as quatro escolas da sede que participaram enviando seus alunos e sendo contempladas também com o sorteio de livros do escritor além de aprender um pouco mais sobre sua vida.

sábado, 1 de maio de 2010

Zeca Muniz é Poeta

Homenagem de João Batista de Sousa a Zeca Muniz.



I

ZECA MUNIZ É POETA

DE INDISCUTÍVEL VALOR

ESCREVE COM MUITO AMOR

COM UMA LINGUAGEM CORRETA

DA RIMA FEZ-SE ESTAFETA

DESDE OS TEMPOS DE RAPAZ

OS POEMAS QUE ELE FAZ

DEIXAM SEU PÚBLICO FELIZ

NUNCA VI ZECA MUNIZ

MAS LHE ADMIRO DEMAIS.


II

ZÉ NONATO DISSE A MIM

O SR. ZECA MUNIZ

TEM CERTEZA NO QUE DIZ

E NÃO FAZ VERSO RUIM

EU TAMBÉM AFIRMO ASSIM

PORQUE SEI QUE ELE É CAPAZ

SEUS VERSOS SENTIMENTAIS

NÃO SÃO COISAS DE APRENDIZ

NUNCA VI ZECA MUNIZ

MAS LHE ADMIRO DEMAIS.


III

ZECA MUNIZ JÁ ESTÁ

COM O NOME IMORTALIZADO

COMO O MAIS BEM INSPIRADO

POETA DO CEARÁ

GRAÇAS AO PAI JEOVÁ

TEM ALEGRIA E TEM PAZ

QUANDO DEIXAR OS MORTAIS


VERSARÁ FRENTE AO JUIZ

NUNCA VI ZECA MUNIZ

MAS LHE ADMIRO DEMAIS.


IV

ZECA MUNIZ SE INSPIRA

COM O CLARO DA LUA CHEIA

COM A LENDA DA SEREIA

COM O FAVO DA JANDAÍRA

DESCREVER O MESMO ASPIRA

AS RESERVAS FLORESTAIS

O RIO, O MAR E O CAIS

E MAIS RIQUEZAS DO PAÍS

NUNCA VI ZECA MUNIZ

MAS LHE ADMIRO DEMAIS.


V

ZECA MUNIZ ESCREVEU

VERSOS PRO NOSSO PREFEITO

FEZ UM TRABALHO PERFEITO

BEM DIFERENTE DO MEU

SE EU TIVESSE O ESTRO SEU

FREQUENTAVA OUTROS LOCAIS

E ESCREVERIA MAIS

PRA ANCIÕES E GURIS

NUNCA VI ZECA MUNIZ

MAS LHE ADMIRO DEMAIS.


FIM


AUTOR: JOÃO BATISTA DE SOUZA

EM 30 DE ABRIL DE 2010

Enviado por Mazé Farias em 08/05/2010.

terça-feira, 27 de abril de 2010

Resumo de Leitura Escolas - Projeto Leitura Conectada

PROJETO MUSICA NA ESCOLA
EEF JOÃO EVANGELISTA DE VASCONCELOS
RESUMO DE LEITURA
MÊS DE MARÇO

ASSUNTO: A formiguinha e a neve DATA: 08/04/2010
Essa é uma das histórias mais bonitas que já li. Certa manhã de inverno uma formiguinha ia para seu, trabalho, no meio do caminho caiu um floco de neve e prendeu seu pezinho, ficou desesperada pois iria morrer de fome e frio, então pediu ao sol que derretesse a neve, mais ele disse que o muro era mais forte que ele pois lhe tampava, e assim por diante pediu a varias coisas, o rato, o gato que quem era mais forte que todos era Deus, assim a formiguinha rezou bem baixinho a Deus o Mais poderoso que desprendesse seu pezinho e assim ale fez, ordenou que vinhes se a primavera para derreter a neve do pezinho da formiguinha.
Aluno: Sara Braga Freitas


PROJETO MUSICA NA ESCOLA
EEF FILOMENA MARTINS DOS SANTOS
RESUMO DE LEITURA
MÊS DE MARÇO
ASSUNTO: Pinóquio DATA: 05/03/2010
Certo dia Gepeto estava fazendo um boneco de madeira, depois que ele terminou de fazer do boneco de madeira ele foi dormi, veio uma fada que deu vida ao boneco, quando amanheceu o dia o boneco foi andando todo atrapalhado ao quarto, Gepeto e ele acordaram com um barulho, Gepeto se levantou da cama e viu seu boneco andando, ele ficou feliz e colocou o nome dele de Pinóquio, comprou o material escolar e matriculou ele na escola.
Pinóquio foi andando a caminho da escola e encontrou um circo, ele vendeu seu material escola para comprar ingressos, quando o dono do circo viu Pinóquio quis ficar com ele para fazer teatro para as crianças. Gepeto muito preocupado com o Pinóquio foi a ajudar Pinóquio. Quando Gepeto chegou no circo ele viu Pinóquio dentro de uma jaula ele ficou muito triste, ele foi retirar seu filho de lá, toda vez que Pínoquio mentia o nariz dele crescia, quando a fada apareceu e viu o amor que e ele e seu pai senti ela o tornou um m,enino de verdade e eles viveram felizes para sempre.
Aluno: Dalila Vasconcelos Araújo


PROJETO MUSICA NA ESCOLA
EEF FILOMENO FREITAS VASCONCELOS
RESUMO DE LEITURA
MÊS DE MARÇO
ASSUNTO : Monstro do ID DATA: 12/03/2010
Essa historia acontece na cidade de Limoeiro onde o povo estava muito calmo e o mostro do ID começaram a entrar na cidade acabando com a tranqüilidade de todos.
Os mostro do ID são, mostro terríveis que acaba com tudo pela frente, o povo se apavorou e todos correram se esconderam no vaso do lixo, nas casa e a Mônica já que é a personagem principal foi ao ataque para salvar a sua cidade.
Mônica claro que salvou a sua cidade.
Aluno: Amanda Perreira Vasconcelos


PROJETO MUSICA NA ESCOLA
EEF LEOPOLDO MANOEL DE MEDEIROS
RESUMO DE LEITURA
MÊS DE MARÇO
ASSUNTO: O Porquinho Pig DATA: 09/04/2010
Ola! Meu nome é pig, alguns amigos me chamam de bolinha, gordachudinho, gordinho, porque não paro de saborear suculentas espigas de milho. Tenho muitos amigos e estamos espiga de milho. Tenho muitos amigos e estamos sempre remexendo a lama do chiqueiro as vezes saímos pra passear nos arredores, nos voltamos bem rapidinho, já pensou se encontramos algum lobo faminto caminhando por ai? Não quero nem pensar.
Aluno: Glauciane dos Santos

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Sorteio de Livros nas Escolas


Alunos recebendo os livros pelo Coordenador de Cultura e Coordenadora da Biblioteca

Durante a entrega dos instrumentos musicais do Grupo Batucan em Canema em evento comemorativo na última segunda-feira, 19/04/2010, a Biblioteca Pública Municipal se fez presente realizando sorteio de livros do Sr. Zeca Muniz : "De agricultor a poeta", fazendo parte das programações alusivas ao período de comemorações ao Livro organizado pela Biblioteca.

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Atividade de Leitura junto as escolas

A coordenação Municipal de Cultura de Cruz com o apoio do Governo Municipal de Cruz e a Secretaria da Educação vem desenvolvendo uma política de apoio aos escritores populares ao longo dessa gestão que vem contribuindo para a divulgação dos mesmos e valorização da cultura literária local. Objetivando fazer com estes documentos sejam assimilados em forma de leitura pelos alunos propomos as escolas que a coleção abaixo citada e enviada a todas as escolas sejam desenvolvidas atividades de forma interdisciplinar em sala ou em forma de projetos escolares.

O mês de março é o período da semana da Biblioteca e do livro infantil. Com isso estamos iniciando um trabalho nas escolas de leitura e valorização a cultura popular de Cruz por meio deste ação.

Para tanto serão registradas tais atividades em nossos arquivos (Blog do Selo UNICEF de Cruz – www.cruzselounicef.blogspot.com e Blog da Biblioteca) e serão contabilizadas como atividades desenvolvidas na área da cultura rumo a conquista do próximo Selo UNICEF.

Os relatos podem ser enviados por email para: evaldo52@hotmail.com ou bibliotecacruz@hotmail.com.

LIVROS DOS ESCRITORES POPULARES DE CRUZ DOADOS AS ESCOLAS
Revelações de um agricultor – Antônio José dos Santos (Antônio Pedro)
Um sonhador... um realizador – Maria de Lourdes Vasconcelos
Vida de Pe. Edson;
Coletânea de um aprendiz aos 80 – José de Sousa Albuquerque – Zeca Muniz
Resgatando Memórias – Manoel Messias de Freitas – Messias Marques;
Eterno Admirador da Poesia – José de Farias Menezes
De agricultor a Poeta - José de Sousa Albuquerque – Zeca Muniz
Documentário: Cruz, nossa gente nossa História

quarta-feira, 14 de abril de 2010

IX Bienal Internacional do Livro




A coordenação da Biblioteca de Cruz esteve presente ao V Encontro Estadual de Bibliotecas Públicas em Fortaleza que aconteceu em paralelo a IX Bienal do Livro. Na ocasião foram tratados assuntos de interesse das Bibliotecas além de excelentes palestras com escritores renomados sobre o tema Biblioteca e leitura.

quarta-feira, 31 de março de 2010

Imagens da Publicação do Livro de Zeca Muniz

Familiares de Zeca Muniz
Secretário de Educação Raí e Zeca Muniz
Público Presente
José de Farias Menezes Homenageia Zeca Muniz com poema

Primeira Dama e o Escritor homenageado
Aluna - Aparecida - do Projeto Amigos da Leitura recitando um dos poemas do escritor

Mesa de Autoridades - Ao Centro - Zeca Muniz


Apresentação de Abertura do evento dos Amigos da Leitura em Parceria com a Brinquedoteca Pública Municipal