quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Concurso de Desenhos para Cartão Natalino


Participaram do concurso 22 Escolas de Cruz mostrando todo o seu talento artístico. O Desenho escolhido pela Comissão Pró Jubileu de Prata foi confeccionado pela aluna
Maria Suzana de Sousa do 6º ano da Escola de Ensino Fundamental Maria Filomena Sousa de Cajueirinho II. A aluna receberá seu prêmio no dia 12 de janeiro de 2010, no evento da Biblioteca Pública, dentro das Comemorações da Semana de Emancipação Municipal, assim como o 2º e 3º lugares - 2º Maria Wilcimara Cunha 6º ano Solidão 3º Tainara Maria de Sousa Carvalho 6º ano
Cajueirinho I.
A Secretaria da Educação e Secretaria da Cultura parabenizam a todas as escolas e alunos particinpantes.

Redações Vencedoras do IV Concurso de Produção Textual da Semana de Emancipação Municipal


Concurso de produção textual da Semana da Emancipação Municipal de Cruz - 2010
Tema: Cruz, Cidade Ouro, Com Idade Prata

1º Lugar
Janaélia Ferreira Vasconcelos
EEF. Filomena Martins dos Santos
Ano: 9º. Ano Turma: B Turno: Tarde Nº – 16


Cruz é uma cidade que desde sua emancipação política no dia 14 de janeiro de 1985, vem crescendo e se desenvolvendo nos âmbitos estrutural, educacional e social. A sua rápida evolução deve-se principalmente as obras aqui construídas que são consideradas obras de países de primeiro mundo, através delas somos conhecidos e destacados entre as demais cidades, por termos visão de futuro.
E junto com esse desenvolvimento vem a nossa educação que hoje é modelo no estado do Ceará, contamos com 23 escolas municipais, com professores capacitados e dedicados para fazer de nossa educação uma educação de qualidade e, com esse trabalho fomos merecedores do prêmio de 2º lugar em Alfabetização de Crianças do Estado, isso nos deixa orgulhosos e com mais vontade de estudar e crescer como pessoas com ideias próprias e opiniões formadas.
Nosso município é bem administrado e bem assistido por nossos governantes. Na saúde contamos com aparelhos modernos e laboratórios de última geração para cuidar melhor de nosso povo. Temos também cobertura de Programa Saúde na Família em todas as localidades do município garantindo assim uma saúde mais eficiente. Na área social temos profissionais capacitados e disponíveis para atender nossos alunos com distúrbios de aprendizagem e adultos com deficiência mental, eles procuram trazer seus serviços até nós através de palestras e vídeos esclarecedores sobre os programas que são de sua responsabilidade. Já na infraestrutura, nossas praças são arborizadas e bem cuidadas, com árvores grandes e com sombras que nos convida a ficar passando o calor e admirando a beleza de Cruz. O Meio Ambiente desenvolve um trabalho significativo com a coleta seletiva de lixo de porta em porta, nos proporcionando um ambiente saudável e ainda nos presenteou com o Selo Município Verde.
No geral, dispomos de quadras cobertas esportivas nas localidades, para que todos possam usufruir de momentos de lazer e sair da rotina que os levam a ter uma vida sedentária, os alunos praticam diferentes modalidades de esportes oferecidos pelo Programa Segundo Tempo, como xadrez, futsal masculino e feminino, voleibol dentre outras, e ainda faz com que esses alunos aprendam a viver com disciplina. E para abrilhantar nossa cidade temos a Vila Olímpica que tem uma estrutura inigualável, digna de qualquer seleção do mundo vir aqui e dar um show de bola. Diante de tanta beleza que temos e fazemos é que já somos reconhecidos mundialmente através do Igrátis, somos conectados com o mundo todo, e tudo isso por iniciativa do governo municipal. Tivemos a honra de receber personalidades famosas aqui em nossa cidade pelos quais fomos aplaudidos por tudo que já conquistamos e ainda vamos conquistar, recebemos elogios e palavras de incentivo para continuarmos lutando e fazendo a diferença, como na ocasião do nosso tricampeonato na entrega de mais um Selo Unicef – Município Aprovado.
Com finalidade de inclusão escolar nas festividades de nosso município, agradecemos a iniciativa da Secretaria da Educação e Cultura por promover sempre esse momento de produção textual com alunos das escolas como participantes e integrantes de nossa história que interagem e vivenciam o desenvolvimento no despertar de cada ano que se passa. E assim digo a vocês que sou cruzense e tenho orgulho de aqui morar,e, poder contribuir para a construção de uma festa tão linda como essa e poder dizer a todos: Cruz é um bom lugar de se viver e aqui permanecer.



Concurso de produção textual da Semana da Emancipação Municipal de Cruz – 2010 - Tema: Cruz, Cidade Ouro, Com Idade Prata

Nossa cidade ouro está prestes a comemorar, suas bodas de prata. Será mais um ano que nosso município comemorá sua emancipação, seu progresso e suas conquistas.
Décadas atrás nosso município era um vilarejo de Acaraú, com um tempo seus habitantes a procura de progresso, conseguiram sua emancipação com muita luta e vontade. Com o passar de vinte e quatro anos podemos ver que realmente nossa cidade, juntamente com nossas localidades estão realmente progredindo. Nossos recursos naturais são muitos como a Praia do Preá e o Açude da Prata que movimentam o turismo e a economia juntamente com a agricultura, a atividade de pequenos comerciantes, o artesanato, a culinária e o cultivo da castanha do caju.
O povo cruzense tem motivos de sobra para comemorar, mas não só pelos vinte e cinco anos de emancipação, mas também pela conquista do Selo Unicef, do Selo Verde e os ótimos resultados na educação, que foram conquistados com a ajuda de seus profissionais e dos seus jovens cidadãos que almejam um futuro melhor. Com a ativa participação dos nossos governantes, a população tem acesso a uma boa educação, saúde e esporte. Claro que como qualquer outra cidade pequena ou grande, Cruz também tem seus problemas, mas que comparados as suas qualidades, são apenas pequenos obstáculos, que poderão ser vencidos com a ação dos nossos governantes e com ajuda de sua população.
Todos os motivos citados acima comprovam que Cruz realmente é uma cidade ouro, com idade prata e que está sempre melhorando, com o objetivo de garantir a seu povo o direito de viver, de lutar e sorrir.

Classificação: 2º. Lugar
Antonio Alexsandro Vasconcelos
professor: Maria Eliane Brandão
Ano: 9º. Ano Turma: Única Turno: Tarde Nº – 04 Idade - 13
Localidade: Canafístula



Concurso de produção textual da Semana da Emancipação Municipal de Cruz – 2010 - Tema: Cruz, Cidade Ouro, Com Idade Prata

14 de janeiro de 1985, data histórica e comemorativa que lembra uma grande conquista, a emancipação de Cruz. Hoje, Cruz se prepara para os festejos de suas bodas de prata, ou seja, seu 25º. Aniversário; porém, se observarmos bem todo o nosso município, veremos através de todas as suas conquistas e realizações que ele j´s aparenta ter 50 anos, podendo já está comemorando suas bodas de ouro.
Se construirmos uma maquete de Cruz há 25 anos atrás e uma outra hoje, veremos que há grandes diferenças entre as duas. Isso mostra que nosso município conseguiu supere-se, crescendo cada vez mais em um curto espaço de tempo e todo esse desenvolvimento deve-se ao trabalho e esforço de um povo que realmente faz acontecer.
Um grande exemplo desse desenvolvimento, no qual o nosso município está em segundo lugar em todo Ceará. Veja bem, de 184 municípios que compõem todo estado, Cruz conseguiu a segunda melhor colocação na alfabetização e isso é apenas um dos grandes avanços conquistados através do esforço e dedicação de muitos cruzenses na elaboração e realização de vários projetos para melhoria na educação.
Cruz é um dos poucos municípios do Ceará que possui todas as suas secretarias, auditório, prefeitura e Câmara municipal, todos juntos, para facilitar o trabalho das pessoas, evitando que resolvam algo em determinado local da cidade e alguma outra coisa em um local bem distante. Além disso, todos esses prédios estão rodeados pela magnífica Praça dos Três Poderes, local onde geralmente é festejado o aniversário de emancipação política do município.
Na área do lazer, o município possui várias praças na sede e em suas localidades, além de quadras esportivas nas escolas, que também envolve o esporte. Aliás, nessa área, o município tem investido bastante como por exemplo, a construção da Vila Olímpica com quadras de areia para vôlei e futebol, ginásio, piscina para campeonatos de natação, um estádio de futebol, entre outros. Cruz ainda possui vários pontos turísticos belíssimos como a praia do Preá, o Açude da Prata e a Lagoa Azul, muito visitados e valorizados por turistas e nativos. O Serrote de Cajueirinho que é o ponto que merece destaque, além do Farol – Tu, onde estão expostas as artes e artesanatos do povo cruzense.
Na saúde, o município possui um Hospital e um Posto de Saúde na sede, além de vários outros Postos de saúde espalhados pelas localidades e um Centro de especialidades odontológicas.
Na maior parte do município já existe internet e até mesmo Centros de Informática nas escolas da sede.
E agora?... Já sabe porque Cruz é considerada uma cidade ouro, com idade prata? Justamente por conta de todas essas conquistas e realizações, pois Cruz, Mesmo sendo uma cidade pequena e do interior, é bem reconhecida por todo estado, devido ao seu bom desenvolvimento e todas as suas realizações que fazem com que nosso município se torne cada vez mais “Um bom lugar de se viver”.

Classificação: 3º. Lugar
Antônio Sérgio Marques
EEF. João Evangelista de Vasconcelos
professor: Maria Edileuza da Silveira
Ano: 9º. Ano Turma: Única Turno: Tarde Nº – 03 Idade - 14
Localidade: Cajueirinho I

Tributo ao Herói

O Tamarineiro centenário de Cruz receberá sua homenagem nos 25 anos dentro da programação da festa. Serão feitas duas placas que contornarão o mesmo, uma com o Marco do Jubileu identificando a data festiva e uma outra em homenagem ao tamarineiro, trazendo o poema produzido pelo Cônego Manoel Valdery da Rocha.

Meu velho “tamarineiro”!
Muito mais que centenário!
Lá da Praça Matriz.
Ontem! Mercado da carne,
Local de amarração
dos animais de passeio
nas noites do Novenário.

Meu velho “tamarineiro”
a testemunha e memória
de bate-papos infindos.
Hoje atrapalhas o trânsito
na geografia urbana.
Viverás o tempo inteiro …
És parte da Nossa História.

Na ocasião também acontecerá o tombamento do mesmo de acordo com a Lei Nº 368 de 18 de dezembro de 2009.

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Relatório Setembro - Canema - Proj Música na Escola

EEF FILOMENA MARTINS DOS SANTOS
PROJETO LEITURA CONECTADA
RESUMO DE LEITURA


O livro que eu lie falava de uma moça que se chamava pequena sereia. O seu pai que se chamava Netuno gostava dela e das suas outras filhas, ele dedica seu tempo a faze las felizes. A filha caçula que era a pequena serei sonhava em ter duas pernas.
Certo dia a pequena sereia salvou um homem de um navio que estava afundando, ela levou o homem para a areia e com a roupa que ele estava parecia que ele era um príncipe. Quando o homem acordou a pequena sereia naos estava mais lá e ele só se lembrava da linda fase dela. No outro dia ela disse a seu pai que queria viver com os humanos, e seu pai disse que ela não podia. No mesmo instante ela saiu e foi lá na bruxa dos mares só devo se ela disse uma coisa de valor, a bruxa pediu a sua voz a pequena deu e foi para o príncipe. A pequena sereia não estava com sua voz.
A bruxa estava com a voz da pequena sereia em um medalhão. De repente o medalhão se quebrou e a voz voltou para a pequena sereia. O príncipe e a pequena sereia se casaram e foram muitos felizes.

Mayele Chirlley de Souza 10 anos 4º ano
Modalidade: violão

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Relatório Agosto - Tucuns - Proj Música na Escola

EEF FILOMENO FRITAS VASCONCELOS
RELAÇÃO DE ALUNOS DO PROJETO MÚSICA NA ESCOLA
RELATORIO ALUNO - AGOSTO

No coral nós estamos ensinando duas musicas, Era uma vez e Semente do amanhã.
Aprendemos muitas coisas no curso.
Neste mês de agosto, nós iniciamos as atividades normais, nas férias recebemos algumas musicas para ensaiamos em casa.
E também neste mês não teve muita datas comemorativas estamos ensaiando as musicas do coral e do berço.
E também as leituras estão de mais cada mês os alunos tocamos maior desempenho com a leitura, tem alguns alunos que neste mês fez 50 á 60 horas.
Grupo:
Isabel Daiane Andrade – 11 anos
Amanda Pereira Vasconcelos – 11 anos
Ana Karoline da silva Ferreira – 11 anos

Relatório Agosto - Canema - Proj Música na Escola

EEF FILOMENA MARTINS DOS SANTOS
PROJETO MÚSICA NA ESCOLA
RELATÓRIO DO LEITURA CONECTADA

Um certo dia uma lebre se encontrou com a tartaruga e duvidou da tartaruga, e disse eu sou o mais rapido da floresta, vamos aposta uma corrida tartaruga. E disse a tartaruga eu topo, e reunidos todos animais da floresta e a raposa fez a lagarta e disse a lebre para a tartaruga eu vou fazer você comer poeira e disse a tartaruga vamos ver e falou a raposa já. Com toda sua rapidez a lebre fez a tartaruga comer poeira a tartaruga com seus passos pequenos.
Na curva do lago a lebre disse a tartaruga vai muito devagar eu vou é tirar uma soneca. E a tartaruga com muita fé de ganha chegou na curva do lago e viu os animais com o queixo vaiado quando viu a tartaruga. Quando a lebre acordou escultou o barulho dos animais comemorando a vitória da tartaruga sai em disparada quando chegou, lá estava a tartaruga comemorando.
Aluno: Tiago Vasconcelos Araújo

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Semana da Criança em Cruz

A Biblioteca Participa da Semana da Criança no Movimento de Leitura realizado pelas escolas com alunos das Escolas da Sede do Município e Brinquedoteca Municipal. O movimento acontecido na Praça dos Três Poderes levou várias crinças a realizar leitura, fazer pinturas, brincar e se divertir durante toda a manha de quinta-feira, dia 08 de outubro. A Biblioteca participou levando seus livros e descontraido aos participantes com leituras em grupo, contação de histórias e pinturas em desenhos personalizadas sobre os direitos da criança.

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Novas poesias no Blog da Biblioteca



Acesse o ícone Produções literárias cruzenses no Blog da Biblioteca e conheça as novas poesias do Sr. Zeca Muniz - José de Sousa Albuquerque e do Sr. Nelim - Manoel Edésio dos Santos de Belém.

O Sr. Nelim é o mais novo poeta a estrear nosso espaço de divulgação de produções literárias em Cruz. Mais um escritor popular a disposição da leitura dos internautas visitantes do Blog da Biblioteca.

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Projeto Povo Cruzense

A projeto Povo Cruzense continua com a entrega das fichas genealógicas dos professores das escolas públicas municipais pelos diretores municipais que em muito colaboram com a divulgação, incentivo e intermédio neste trabalho de pesquisa. Já foram entregues em média 100 fichas com diversos representantes da sociedade cruzense.
As escolas que já enviaram ou enviaram em parte: Cajueirinho I, Belém, Lagoa Velha, Aningas, Canema, Cajueirinho II, Lagoa dos Monteiros, Solidão, Paraguai, Poço Doce I e Poço Doce II.
Já estão registrados no Programa PAF das familias Cruzenses, aproximadamente 40% do material pela Coordenação da Biblioteca Pública Municipal, ficando algumas pendências de reconhecimento de famílias a serem pesquisadas na própria comunidade ou com os diretores escolares.

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Projeto Povo Cruzense


APRESENTAÇÃO
O registro histórico de nossos antepassados se constitui numa forma importantíssima de manter viva nossas raízes ancestrais garantindo para as futuras gerações um acesso mais fácil e rápido por meio da disponibilização destes dados através de um simples programa de computador com toda base de dados.
Sabendo da importância cultural para uma comunidade o registro histórico de seus habitantes, e dando continuidade ao trabalho da Escritora Elisabeth Albuquerque através do Livro “Era uma vez na Cruz” sobre a genealogia deste Município apresentamos um trabalho de pesquisa junto aos professores, alunos e comunidade sobre seus descendentes familiares por todo o Município por meio das Escolas públicas Municipais.

ESTRATÉGIA DE AÇÃO
Apresentar o trabalho junto a encontros de Núcleo Gestor e Coordenadores da Secretaria de educação;
Selecionar um responsável na escola para ser a fonte de informações citada no programa onde vai ser digitado os dados pesquisados;
As pesquisas dos ancestrais possuirão etapas a serem executadas a partir de datas pré-estabelecidas conforme calendário a seguir:

Abril, Maio e Junho de 2009 – Apresentação do Projeto para Coordenadores Escolares, responsáveis na escola pela coleta das informações dos professores e auxiliares de serviço das escolas;
Coordenadores escolares apresentam a ficha aos funcionários da escola e explicam como preencher a ficha dos ancestrais de cada família;

Agosto de 2009 – Recolhimento de informações pesquisadas sobre funcionários;
Agosto de 2009 – Orientação para coleta de informações biográficas sobre os principais representantes de cada comunidade (ver mapeamento Cultural Selo UNICEF – figuras populares, etc); O Coordenador Responsável pela pesquisa, poderá estipular uma equipe para visitar moradores antigos e coletar dados sobre os primeiros moradores da localidade, bem como seus representantes mais ilustres da comunidade. Por exemplo pode ser realizada a biografia de representantes da comunidade homenageados com o nome de escolas, praças, quadras esportivas, Estabelecimentos do Poder Público, Secretarias, entre outros.

Outubro de 2009 – Recolhimento das informações pesquisadas com alunos e comunidade;
Entrega de Fichas aos funcionários das Secretarias e Prefeitura Municipal para preenchimento de seus dados familiares;

Agosto da Dezembro - Em colaboração com a Coordenação da Biblioteca Pública Municipal organizar a digitação dos dados coletados nas escolas e comunidade;

Apresentação dos dados coletados na Semana de Emancipação Municipal pelos 25 anos de Cruz, no aniversário da Biblioteca Pública Municipal, em janeiro de 2010, em data a ser agendada;

Disponibilização dos dados a qualquer munícipe que deseje usurfruir e que tenha o anseio em complementar com novas informações. Na ocasião será orientado sobre como instalar o programa PAF com a base de dados (contidos num único CD) nos computadores de uso pessoal.

Relatório Aluno - Proj Música na Escola

ATLAS

O atlas que eu li falava sobre as informações da terra. Nele tinha informações sobre, satélites, gráficos, geografia, GPS, a divisão do planeta terra, entre outros. Eu lendo esse atlas eu aprendi que o Ceará só tem 2 parques nacionais um e o parque Ubajara e outro é o nosso, o parque de Jericoacora. No atlas eu também aprendi o que era atlas. Atlas é o conjunto de mapas ou cartas geográficas. Nele também tem informação sobre a vegetação do pais o turismo e outros. Também tem a divisão do mundo, em continentes, em países etc. Que quer aprende tudo sobre o mundo, só é ler um atlas, num atlas tem todas as informações necessárias para que quer aprender. Eu aprendi divisões em estados de um pais, com suas capitais. Um atlas é muito importante na vida de um estudante, e numa escola, é muito importante ter atlas. No meu caso, eu gosto muito de estudar, e um dos primeiros livros que eu pego para mim ler é um atlas. E o estudante que se interessa em geografia, o primeiro passo é um atlas. No atlas tem desenhos de mapas, gráficos, tabelas que nelas estão todas as informações necessárias. Eu aprender muito nesse atlas que eu lé.

Relatório produzido por:
Francisco Adejane Araújos, aluno do 9º ano A da EEF Leopoldo Manoel de Medeiros, inscrito no Projeto Música na Escola.

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

CONCURSO DE LOGOMARCAS PRÓ-JUBILEU DE PRATA MUNICIPAL


Os alunos da Escola Estadual de Cruz (EEFM São Francisco da Cruz) terão a oportunidade de mostrar todo o seu talento artístico no Concurso de Logomarcas Pró-Jubileu de Prata Municipal, promovido pelo Governo Municipal, no objetivo da confecção da Logomarca a ser utilizado como impresso oficial do Governo durante as comemorações alusivas a 25ª Festa de Emancipação Municipal de Cruz.
O tema do concurso é “Cruz cidade ouro, com idade prata”.
A EEFM São Francisco da Cruz poderá inscrever um slogan para cada 1º, 2º e 3º ano de cada turno. O autor da Logomarca classificada em primeiro lugar terá sua arte exibida nos principais movimentos , impressos do Governo Municipal para a ocasião. Além disso, os três primeiros colocados receberão uma premiação ofertada pelo Governo de Cruz:
1º lugar – 01 celular; 2º lugar – 01 APARELHO DE DVD; 3º lugar – 01 MP3, a nível geral.
A nível escolar todos os alunos selecionados em cada turno receberão 01 kit Escolar.
-----------------------------------------------------------------------------------------------------

1ª FASE DO CONCURSO
O concurso acontecerá no período de 01 de setembro a 03 de novembro e será divulgado através do Site Municipal de Cruz (www.cruz.ce.gov.br), do Blog da Biblioteca (http://www.bibliotecapblicamunicipal.blogspot.com/), blog das escolas, conforme será orientado e da rádio 6 de abril.
Ao longo deste período Núcleo Gestor e professores da Escola serão responsáveis em organizar ações internas para selecionar 01 única logomarca por ano escolar para cada turno (totalizando três logomarcas por turno) para o concurso. A identificação dos autores das logomarcas será escrita no verso da folha, citando apenas o número de chamada, ano, turma, turno e escola que estuda, não sendo aceito escrever nenhuma espécie desta identificação, na parte da folha que contém a logomarca. Para escolha na escola é orientada a formação de uma comissão constituída por representantes do Núcleo Gestor, representantes de professores e pais de alunos (que não estejam participando do concurso).
É de responsabilidade da escola a escolha e o envio das logomarcas selecionados, para Secretaria de Educação, aos cuidados da Coordenação Municipal de Cultura.

2ª FASE DO CONCURSO
As melhores logomarcas selecionados, serão avaliados pela Comissão Municipal Pró-Jubileu de Prata de Cruz e convidados ligados a arte do desenho, levando-se em conta critérios de criatividade e adequação ao tema.
A relação dos vencedores serão divulgados a partir do dia 10 de dezembro, com a respectiva data a receber seus prêmios.

PREMIAÇÃO
A premiação será entregue na Semana de Emancipação Municipal na terceira semana de Janeiro de 2010. Os alunos selecionados em cada turno, com suas respectivas logomarcas, também receberão seus kits escolares no período.

Mais informações:
Secretaria Municipal da Educação – 88 3660 1260
Coordenação Municipal de Cultura – Evaldo Vasconcelos, Pedro Damasceno (Secretaria de Educação) e Juberlândia Farias (Biblioteca Municipal) .

CONCURSO DE DESENHOS DO CARTÃO NATALINO MUNICIPAL


Os alunos das Escolas Públicas e Particular de Cruz terão a oportunidade de mostrar todo o seu talento artístico no concurso de desenhos promovido pelo Governo Municipal, no objetivo da confecção do cartão natalino com frase adequada ao tema a ser ofertado aos munícipes, por ocasião do Natal 2009.
O tema do concurso é “Um Natal feliz a todos os cruzenses”.
Cada escola poderá inscrever um desenho de alunos que estejam matriculados no 4º, 5º ou 6º ano das suas respectivas escolas. O autor do desenho classificado em primeiro lugar terá sua arte exibida no cartão de Natal do Governo Municipal de Cruz. Além disso, os três primeiros colocados receberão uma premiação ofertada também pelo Governo de Cruz:
1º lugar – 01 celular; 2º lugar – 01 APARELHO DE DVD; 3º lugar – 01 MP3, a nível Municipal.
A nível escolar todos os alunos selecionados em cada escola receberão 01 kit Escolar.
------------------------------------------------------------------------------------------------------
1ª FASE DO CONCURSO
O concurso acontecerá no período de 01 de setembro a 03 de novembro e será divulgado por meio de ofício, do Site Municipal de Cruz (www.cruz.ce.gov.br), do Blog da Biblioteca (http://www.bibliotecapblicamunicipal.blogspot.com/) blog das escolas, conforme será orientado e , da rádio 6 de abril.
Ao longo deste período as escolas serão responsáveis em organizar ações internas para selecionar 01 único desenho para o concurso, nos anos escolares participantes (4º, 5º e 6º anos). A identificação dos autores dos desenhos será escrita no verso da folha, citando apenas o número de chamada, ano, turma, turno e escola que estuda, não sendo aceito escrever nenhuma espécie desta identificação, na parte da folha que contém o desenho. Para escolha na escola é orientada a formação de uma comissão constituída por representantes do Núcleo Gestor, representantes de professores e pais de alunos (que não estejam participando do concurso).
É de responsabilidade das escolas a escolha e o envio do desenho selecionado para Secretaria de Educação, aos cuidados da Coordenação Municipal de Cultura.
2ª FASE DO CONCURSO
Os desenhos selecionados serão avaliados pela Comissão Municipal Pró-Jubileu de Prata de Cruz e convidados ligados a arte do desenho, levando-se em conta critérios de criatividade (desenho e frase) e adequação ao tema.
A relação dos vencedores serão divulgados a partir do dia 10 de dezembro.
PREMIAÇÃO
Os alunos que ficarem entre as três primeiras colocações, receberão seus prêmios na Semana de Emancipação Municipal, na terceira semana de janeiro de 2010, com data a ser divulgada na última semana do ano letivo. Todos alunos selecionados como melhor desenho da escola, também receberão seus kits escolares neste período.
Mais informações:
Secretaria Municipal da Educação – 88 3660 1260
Coordenação Municipal de Cultura – Evaldo Vasconcelos, Pedro Damasceno (Secretaria de Educação) e Juberlândia Farias (Biblioteca Municipal) .

IV CONCURSO DE PRODUÇÕES TEXTUAIS DA SEMANA DE EMANCIPAÇÃO MUNICIPAL

Fazendo parte das Comemorações da Semana de Emancipação Municipal, bem como dos 23 anos de Fundação da Biblioteca Pública Dra. Maria Inês de Farias, o Governo Municipal de Cruz, lança o IV Concurso de Produções Textuais da Semana de Emancipação Municipal, com o tema:
“Cruz cidade ouro, com idade prata”
Cada escola poderá inscrever uma produção textual (dissertação) de alunos que estejam matriculados nas turmas do 7º, 8º e 9º ano das suas respectivas escolas. Os autores das três melhores dissertações classificadas terão suas produções exibidas e lidas na noite da Biblioteca dentro da Semana de Emancipação Municipal e receberão uma premiação ofertada também pelo Governo de Cruz:
1º lugar – 01 celular; 2º lugar – 01 APARELHO DE DVD; 3º lugar – 01 MP3, a nível Municipal.
A nível escolar todos os alunos selecionados em cada escola receberão 01 kit Escolar.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------
1ª FASE DO CONCURSO
O concurso acontecerá no período de 01 de setembro a 13 de novembro e será divulgado por meio de ofício, do Site Municipal de Cruz (www.cruz.ce.gov.br), do Blog da Biblioteca (http://www.bibliotecapblicamunicipal.blogspot.com/) blog das escolas, conforme será orientado e , da rádio 6 de abril.
Ao longo deste período as escolas serão responsáveis em organizar ações internas para selecionar 01 única produção por escola para o concurso, nos anos escolares participantes (7º, 8º e 9º anos). A identificação dos autores das produções será escrita no verso da folha, citando apenas o número de chamada, ano, turma, turno e escola que estuda, não sendo aceito escrever nenhuma espécie desta identificação, na parte da folha que contém a produção. Para escolha na escola é orientada a formação de uma comissão constituída por representantes do Núcleo Gestor, representantes de professores e pais de alunos (que não estejam participando do concurso).
É de responsabilidade da escola a escolha e o envio da produção selecionada a Secretaria de Educação, aos cuidados da Coordenação Municipal de Cultura.
2ª FASE DO CONCURSO
As produções selecionadas serão avaliados pela Comissão Municipal Pró-Jubileu de Prata de Cruz e convidados com formação em Letras, levando-se em conta critérios de:originalidade, criatividade, exploração do tema tratado.
A relação dos vencedores serão divulgados a partir do dia 15 de dezembro, com a respectiva data a receber seus prêmios.
PREMIAÇÃO
Os alunos que ficarem entre as três primeiras colocações, receberão seus prêmios na Semana de Emancipação Municipal, na terceira semana de janeiro de 2010. Todos alunos selecionados com a melhor produção da escola, também receberão seus kits escolares neste período.
Mais informações:
Secretaria Municipal da Educação – 88 3660 1260
Coordenação Municipal de Cultura – Evaldo Vasconcelos, Pedro Damasceno (Secretaria de Educação) e Juberlândia Farias (Biblioteca Municipal) .

Memória “é capacidade humana de reter e guardar o tempo que se foi para salvá-lo da perda total” Marilena Chauí
Obs. No ano passado, o vencedor do III Concurso de Produções Textuais da Semana de Emancipação Municipal foi a aluna NATÁLIA MARCE ALBUQUERQUE, (8º. ANO A – TARDE) com o texto: As farinhadas de meu pai, da EEF. Filomena Martins dos Santos de Canema.

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Biblioteca e Brinquedoteca em Caiçara

Alunos do Projeto Música na Escola
Varal de Leitura

Brinquedoteca em Ação


Fazendo parte da programação do Governo Municipal em Caiçara (21/08/09), a Biblioteca e a Brinquedoteca Pública Municipal fizeram parte da programação no período da manhã em Caiçara, onde aconteceram também várias atividades das Secretarias de Educação, Cultura, Saúde e Ação Social.

1º Horário de 8h às 12h

SECRETARIA DE AÇÃO SOCIAL

- Programa Bolsa Família
Atualização cadastral, Cadastros novos, plantão informativo e divulgaçao do programa;
- Documentação Civil
Carteira de Identidade, Carteira de Trabalho, Registro de Nascimento (2ªvia) e registro de casamento civil;
- Ações diversas
Corte de cabelo,higienização de unhas, sorteio de kits de higiene, entrega de kit bebê, feira de artesanato e encontro com o grupo conviver;

SECRETARIA DE TURISMO E MEIO AMBIENTE
- Entrega de kits para coleta seletiva. distribuição de sacos para coleta seletiva, exposição de vídeo - Mudanças Climáticas, Exposição fotográfica e material informativo.
SECRETARIA DA EDUCAÇÃO E CULTURA
- Brinquedoteca volante, Biblioteca volante e apresentação dos alunos do projeto música na escola;

SECRETARIA DA SAÚDE
- Exames citopatológicos nas pacientes de 25 a 49 anos (posto de saúde), Exames de glicemia (praça), vacinação (praça) e verificação de pressão arterial (praça);
2º Horário de 14h às 18h – Salão Paroquial
14h – Momento em que a 1ª Dama se reuni com representantes das Associações Comunitárias;

15h – SECRETARIA DA AÇÃO SOCIAL/SECRETARIA DA EDUCAÇÃO/SECRETARIA DA SAÚDE
- Reunião dos Conselhos Setorias – Ass. Social – COMDICA- Idosos, Saúde e Educação; Lançamento do PROJETO ESTAÇÃO FAMÍLIA, pelo Secretário Ação Social Edilson Vantas – Núcleo com 25 Famílias – Assinatura de Ordem de Serviço para construção de um Ginásio Poliesportivo coberto, pelo Secretário da Educação – Raimundo Otávio da Mota;

16H – SECRETARIA DE ESPORTES
- Torneio de Vólei (praça)

18h – SECRETARIA DA CULTURA
- Projeto Cinema na Comunidade

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Gráfico Desenvolvimento Habilidades Alunos Projeto Música na Escola - 2009




Leitura Conectada - Junho - Proj Musica na Escola - Canema

EEF FILOMENO FREITAS VASCONCELOS
PROJETO MÚSICA NA ESCOLA
RESUMO DA LEITURA DO PROJETO LEITURA CONECTADA
ASSUNTO: O Mistério da professora Julieta...
Todas as professoras que eram contratadas pra dar aulas naquela cidade não conseguia por dor aulas naquela cidade não conseguia por causa de certo alunos mau educados, mas todo por causa que eles não sabia o valor de lêr e escrever. E o perfeito não conseguia nem trabalhar e nem dormir. Ele enviou uma conta longe e detalhada pedida ajuda as autoridades superiores. A situação é preocupante. Mais para surpresa do prefeito, ao abrir a gaveta misteriosa encontrou um envelope lilás, com o seu nome escrito na caligrafia mais bonita que ele pode apreciar na vida. A carta era de uma professor Lulieta dizendo que eu dar aula na cidade de Cajueiro, só que ela fiaria só por três meses e que tinha um método infalível da mala preta, muito eficiente no aprendizado.
Todos estavam apavorado com a professora misteriosa e sua mala preta, e a única pessoa que teve coragem de falar com ela, foi Miduim, um rapaz da cidade a quem todos diziam que vivia no mundo da lua. Ele perguntou o que tinha na mala preta, daí ela respondeu sem pensar duas vezes.
A professora ao entrar na sala de aula e todas os alunos entraram e o compraram carturas, ela fechou a porta. pois aflitos ficaram fora da sala.
Enfim a sirene tocou e os meninos saíram da sala camo se estivessem tontos, com a cabeça em outro mundo um leve sorriso no rosto, mas não contaram nenhuma palavra do que aontaram nenhuma palavra do que aconteceu dentro da sala.
Depois de vários dias de aulas os alunos diziam seus pais o gosto pela escola de Cajueiro. E assim o mêtodo da mala preta era um sucesso e aos poucos deixava de ser segredo. O objetivo principal do mêtodo era fazer com que as crianças se apaixonas em perdidamente pelos livros. E para mostrar como é gostasa ler, a professor Julieta naoperdia tempo falando que ler é bom, ler e importante, ler é uma viagem. Ela simplismente lia.
As crianças liam para seus pais, tios, ovós, para irmãos menores e para quem mais escolhessem.
As poucas, a cidade inteira estava andando com aquele mesmo ar de quem pisa nas nuvens.
Sempre havia um livro que tocava fundo no coração de leitor.
Sem perceber eles foram contaminados. Sim, dentro daquela mala havia um virus. Um virus sem cur.
Com um mês de aula a cidade estava contaminada com a melhor doença do mundo. O virus da leitura.
Constatando que a epidemia já tomava conta da cidade, Julieta notou que a missão estava cumprida, era hora de partir.
E assim foi o misterio da professora Julieta e sua misteriosa mala preta.
Aluno: Francisca Bruna Freitas Sampaio 10 anos 6º ano

Leitura Conectada - Junho - Proj Musica na Escola - Tucuns

EEF FILOMENO FREITAS VASCONCELOS
PROJETO MÚSICA NA ESCOLA
RESUMO DA LEITURA DO PROJETO LEITURA CONECTADA

Aluna: Ana Karoline da Silva Ferreira
ASSUNTO: Vó tem cada uma DIA: 01/06/2009
Ainda era cedo e D.Nema já velha de sua caminhada como de costume, ao terminar o seu exercício, comprava o pão e o leite para ajudar a filha no preparo do café da manhã. D.Nema havia ficado viuvá há seis meses e sua filha Dina converse-a de alugar a casa e morar com ela.
ASSUNTO: Isabelle DIA: 03/06/2009
Tudo bem. Preciso fazer alguma coisa, vou treinando para escrever meu livro. Quem sabe assim me tornarei quem eu sempre quis ser ou seja, um escritora, relutei muito escrever durante todo este tempo, medo talvez. Não sei apenas não queria escrever em diário, não sei porque. E bem ridículo isso, pensando melhor. Não importa muito como você escrevera.
ASSUNTO: O que tem na panela jamela? DIA: 15/06/2009
Para Longiswa, minha Kwela Jamila, com amor e votos de um futuro brilhante. Gago e Mama conversavam sobre o almoço de natal, que vou assar o pudim e você pode fazer uma galinha, sugeriu Gago.
E Telma prepara arroz com ensopado de morango acrescentou Mama. Ótimo concordou Gago. Vamos ter uma bela refeição natalina.
ASSUNTO: O que tem na panela jamela? DIA: 15/06/2009
Quando Gago saiu, Mama disse:
Podemos chamar-la de natal da familia.
Venha, jamela, vamos a casa de dona Zibi comprar uma franguinho.
Se almentarmos direitinho, ela vai ficar bonita e gorda para o natal. Mama deixou escolher a galinha ua bela galinha.
ASSUNTO: Chapeuzinho Vermelho DIA: 16/06/2009
Era uma vez uma linda menina que se chamava chapeuzinho vermelho, um dia sua mãe ao chegar do trabalho pediu que ela fosse ate a casa da vovozinha para deixar uma cesta de doces na casa da vóvo.
Quando chapeuzinho vermelho passeava na floresta apareceu um lobo e correu para a casa da vovozinha.
Assunto: Um sapo e a sapa DIA: 17/06/2009
Era uma vez um sapinho que conheceu uma sapinha que pediu-la e casamento e ela açustou, ela ficou tão emocionada que acabou casando. Tiveram filhos, ficaram velhinhos e os filhos e filhas se casaram e tiverem netos,bonitos, tataranetos, concunhadas, e viveram felizes para sempre.
ASSUNTO: O risonho cavalo do príncipe DIA: 17/06/2009
Entre os doze mil e tantos abitantes de um lugar deste imenso berço esplendido onde dorme o gigante, lugar cujo nome e santa maria do monte mas a da região não vem as casa, como a pode facilmente berceber, vivia uma criatura então com seus doses anos chamada César.
ASSUNTO: O risonho cavalo do príncipe DIA: 17/06/2009
Qualquer pessoa pode se chamar César, muitas se chamam ou são assim chamadas. Como todo mundo sabe, nome não comporta direitos de exclusividade. Mas na percepção desta história o nome não estava caindo bem pela a simples rasão de César se menina.
ASSUNTO: O risonho cavalo do príncipe DIA: 17/06/2009
Isso ainda foi sorte dela, porque o nome mesmo que lhe deram oficialmente foi Casorina. O tempo cuidou de deletar os ultimas letras do nome. Todo nome, não foi a solução ideal mas sempre melhorou alguma coisa. Contado assim pode ficar parecido que usar a maneira ressentida.
ASSUNTO: O risonho cavalo do príncipe DIA: 17/06/2009
Essa era uma criatura alegre, simpática, gentil, muito de bem com a vida e com as pessoas sem chegar ao extremo de cai no papel de Maria mansinha. Quando necessário ela sabia das um chega pra-la no ousado que tentasse discriminar o su estilo de vida!
Todos os alunos do Projeto Música na Escola do professor Baltar estão cumprindo com o Leitura Conectada.
Total: 30 alunos

terça-feira, 7 de julho de 2009

Concurso Estatuto da Criança e do Adolescente 2009

Participante: Maria de Lourdes Vasconcelos
Gestora da Escola Paulo Freire- Ceru
História:
Duas Crianças e Uma Longa História

Criança... um dos maiores símbolos de ternura, carinho, pureza, inocência, fragilidade, amor imensurável e bênção divina na vida de um casal. Infelizmente o lar dos pequenos e indefesos meninos João Lucas(01 ano) e Marcos Aurélio (02 anos) desmoronou qual um lindo castelo de areia na beira da praia. Em conseqüência da separação de seus pais, estas duas crianças desde os primeiros anos de vida perderam o carinho da mãe e o aconchego de um lar estruturado, passando a viver com o pai e conviver com situações amargas e dolorosas: fome, violência doméstica, solídão e vulnerabilidade ao trabalho infantil. O pai, homem de pele escura, analfabeto, trabalhador rural, apreciador de uma “pinguinha” e morador de aluguel, desconhecia que o direito é algo vivo e que este se faz presente a todo momento em nossas vidas. Quando tomei conhecimento do caso, motivei-o a matricular as crianças no Centro de Educação Básica Paulo Freire, onde trabalho, convidando-o para um diálogo franco e sincero com a equipe escolar na tentativa de conscientizá-lo do papel de pai/mãe naquele momento decisivo para as criaturas indefesas e ressaltar a importância do ECA no cotidiano de suas vidas. A partir do ingresso dos meninos na matrícula, a inclusão na comunidade escolar e a conquista dos seus direitos, aos poucos a história triste e emocinante destas crianças foi ganhando mais cor, tom, sabor... pois clamavam pelo abraço protetor da comunidade, pela atençao e o carinho que foram podados de suas vidas bruscamente. Com a adaptação ao meio social, a auto-estima recuperada, percebendo-se amados e respeitados por todos, quebraram um pouco suas amarras e se libertaram. Seus padrinhos assumiram a responsabilidade dos “pais omissos”, tentando recuperar a saúde comprometida pela carência da alimentação e por serem espancados pelo pai, que os maltratava quando bebia. Após consultados por um médico oftalmologista, foi comprovado que ambos trazem consigo uma deficiência visual irreversível. João Lucas, o mais novo dos meninos, tem uma complicação renal que se faz necessário e urgente um transplante de rins. Reconhecendo esta situação, houve uma grande mobilização das Secretarias Municipais da Educação, Ação Social e Saúde para fazer valer os seus direitos mediante o ECA, buscando um tratamento intensivo e uma vaga na fila de espera dos doadores de rins. Hoje, Joâo Lucas já é um adolescente com 16 anos e há quase 02 vem sendo bem acolhido e recebendo um tratamento especializado no Hospital Municipal Dona Maria Muniz desta cidade, pois realiza diariamente sessões de CAPD ( Diálise Peritoneal Automática Contínua ) até o dia em que tiver a graça de receber um rim para transplantar e assim poder viver mais tranquilo, melhorar sua qualidade de vida e ter seus direitos assegurados pelo Estatuto da Criança e do Adolescente. A Escola como espaço de formação do indivíduo e de cidadania deve ser sempre um canal aberto e direto para a introdução de novos hábitos, especialmente àqueles relativos a higiene e a comunicação. Este “causo” ainda não chegou ao fim, pois imenso é o caminho a ser percorrido, outros direitos a serem garantidos... mas não podia deixar de ressaltar aqui, que a Escola Paulo Freire trouxe e continuará trazendo àquelas crianças, hoje adolescentes, mais dignidade, solidariedade, respeito, educação, eqüidade, lazer, cultura e a oportunidade de demonstrarem que são pessoas normais, cidadãos e, acima de tudo, seres humanos! É gratificante cultivar o sentimento de humanidade, de solidariedade, de cidadania e especialmente, de amor ao próximo.

Concurso Estatuto da Criança e do Adolescente 2009

Participante : Maria Marluce Vasconcelos –
Coordenadora Pedagógica da Escola Filomena Martins dos Santos

ECA NA NOSSA ESCOLA DEFENDENDOO NOSSAS CRIANÇAS
Nos dias de hoje, vem acontecendo várias situações com muitas pessoas e adolescentes indefesos e estes não se importam muito, nem buscam seus direitos ou alguns os desconhecem. A violência sofrida por crianças e adolescentes é hoje um dos problemas mais freqüentes na nossa sociedade. E estas pessoas futuramente, o que será delas, que comportamento terá? O que poderão oferecer para seus filhos? Atualmente são consideradas perigosas pela sociedade e começam a ser vistas com olhares diferenciados pelas autoridades e consequentemente serão marginais internados ou detidos em instituições correcionais. Na nossa escola temos bastantes crianças em situações de risco e vulnerabilidade, isto faz com que eles cresçam em contato com o mundo da criminalidade, pessoas sem índole e aprendendo coisas ilegais. Preocupada com isso, resolvi por em prática tudo o que aprendi e escuto sobre o ECA. Moro numa comunidade carente de moradia, emprego e educação, onde as pessoas procuram sair dos caminhos que levam as drogas, vícios, álcool e prostituição dentre outras coisas. As famílias a maioria já estão perdendo o controle sobre seus filhos, algumas procuram ajuda na Escola, outras não querem ou não sabem o que fazer diante da situação caótica. São filhos criados por avós, crescendo sem conhecer os pais, outros criados só pela mãe e, na maioria das vezes ficando sozinho dentro de casa enquanto sua mãe saiu para se divertir. E, com tudo isso, precisa entender o porquê e compreender os motivos que arrastam nossos adolescentes e jovens para uma vida de descaso. Ao chegar na Escola estas crianças se deparam com um ambiente acolhedor, de pessoas alegres e dedicadas para com eles , dando carinho, afeto e bons exemplos, e dispostas a trabalhar com esses pequenos seres indefesos, mas que já trazem idéias e concepções montadas em sua cabeça. Assim, detectamos um problema, um obstáculo para ser enfrentado por nossos professores que às vezes não são preparados para lidar com certos tipos de problemas. Por essa razão a Escola que estudo, trabalha o ECA, com as famílias e alunos em geral. Nas reuniões de pais e mestres é sempre discutido as normas do ECA, e abordamos os assuntos dos quais as famílias deverão ficar sendo sabedoras e o que deve e como deve ser feito, para isso, chamamos conselheiros, pessoas do COMDICA, para informações maiores a nosso público. Os esclarecimentos são feitos através de sensibilização feita pelos conselheiros tutelares que mostram exemplos vividos e analisados. Nossos adolescentes devem saber que: temos horário para sair e chegar em casa; sair sempre acompanhado por pessoas maiores e responsáveis por nós; que não podem comprar e nem consumir álcool; nem tampouco fumar cigarros;enfim, tudo isso são informações repassadas pros nossos pais e alunos para que não venhamos a cometer erros freqüentes. Tudo isso, me faz feliz por saber eu estamos fazendo algo de bom para futuramente nossas crianças poderem viver em harmonia com todos. E quando me lembro que antes eu não me preocupava em buscar e correr atrás dos meus direitos, mas agora que conheço o ECA, e festejamos seus dezoito anos de ajuda e competência para com todos que dele precisar. Com isso, estou disposta a lutar pelos meus direitos e encontrá-los, vejo situações no dia a dia que me sinto até envergonhada de tanta falta de respeito pelo cidadão. Vejo crianças menores trabalhando no pesado e mesmo aquelas que recebem salários para um sustento, mas de que serve o beneficio? Se ela nem compartilha do mesmo. Essa situação é bem comum, a família recebe o dinheiro e gasta com bens materiais, enquanto as crianças dão o duro para conseguir o pão de cada dia. Nessas horas é importante uma alerta de vizinhos ou de um ente da família para intervir, a favor dessas crianças. Precisamos de pessoas mais esclarecidas que saibam denunciar quando vir algo errado, com crianças e adolescentes que sofrem opressões nas mãos de pessoas sem caráter, tem que ser conhecedores da ECA, para ajudarmos a construir um mundo melhor sem tantas diferenças e opressões por parte de alguns que se sentem feliz em fazer maldades e cometer injustiças nas pessoas indefesas que lutam e procuram fazer o melhor para ter uma sociedade mais justa e igualitária. Vejo-me como uma pessoa que colabora e que luta por meus direitos adquiridos e, assim me torno uma adolescente conhecedora dos meus próprios direitos e deveres.

segunda-feira, 15 de junho de 2009

7ª Semana dos Museus em Cruz


Dentre as peças adquiridas de relevância para o Museu destaca-se uma TV a válvulas que pertenceu ao 1º Pe. de Cruz - Mons. Edson Magalhães. Posteriormente esta pertenceu ao 2º e atual Pe. Manoel Valdery da Rocha e foi doada pelo Sr. Zé Fabião como é conhecido durante esta campanha.

Participaram aproximadamente 250 alunos das escolas públicas e estadual sem contar com as visitas constantes cotidianas em média de 30 p/dia. A exposição teve início dia 09 de junho e permanece até o final do mês.

segunda-feira, 8 de junho de 2009

Abertura oficial do Clube de Leitura


O projeto Clube do leitor (iniciativa do Governo do Estado do Ceará através do PAIC) teve sua abertura realizada dia 02 de junho. O evento contou com a participação de representações dos gestores, professores e alunos das escolas municipais. A abertura ficou por conta dos Projeto Eu sou Cidadão - Amigos da Leitura , sob a Coordenação da Brinquedoteca Pública Municiapal; Foram feitas amostras de ações relacionadas pela Biblioteca Pública (projeto Leitura Conectada e Cultura de Casa - projeto de apoio aos escritores populares de Cruz e contação de histórias), e apresentações exitosas nas escolas. Houve ainda a presença ilustre do escritor popular da terra Sr. Zeca Muniz, de 80 anos de idade incentivando o hábito da leitura.


O Clube de Leitura veio para propiciar diversas situações envolvendo os professores, alunos e comunidade. Com a criação do clube, além do acervo das escolas, será criada uma biblioteca flutuante composta por livros dos próprios associados que serão disponibilizados. Cada escola ficará responsável por seu clube. E o município junto a Secretaria oferece total apoio e incentivo a essa iniciativa.

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Resumos de Leitura - Proj Leitura Conectada

Leitura Concectada - Escola de Tucuns
RESUMO DE LEITURA

ALUNA: Amanda Pereira Vasconcelos
ASSUNTO: O Jardim Secreto Capitulo I 11/05/2009
Não sobrou ninguém – Quando Mary Lennox foi mandada para misselthuate para morar com seu tio aconteceu varias coisas, Mary não queria ter festa e ela foi crida por uma tia (uma baba) isso era como ela chamava sua baba. Um dia a noite sua tia morreu e veio outra mulher no seu lugar ela ficou com raiva mais se acostumou.

ASSUNTO: O Jardim Secreto Capitulo II 12/05/2009
Mary, Mary, cara feia – os meninos que moravam lá perto de sua casa só vivia zombando da cara dela e ela ficava trite eles só viviam contando. Mary , cara feia, como vai o seu jardim? Tem canteiros, tem areia, tem campainha e jasmim e mary vivia com raiva e zangada.

ASSUNTO: O Jardim Secreto Capitulo III 13/05/2009
Atravessando a charneca – Mary foi passear com a Sr. Medloek de ônibus faram ver a charneca e Mary perguntou. O que é charneca? E o Sr Medloek respondeu mais pra frente você vai saber o que é charneca, e depois voltaram e a senhorita Mary chegou em misselthuate manos.
Provavelmente, em toda vida, nunca se sentiu tão feia.

ASSUNTO: O Jardim Secreto Capitulo IV 14/05/2009
Marta- Mary quando abriu os olhos de manhã, viu que tinha acordado porque uma jovem criada entrou no quarto para acender o fogo e estava afolhada no ta petinho junto a lareira, limpando as cinzas e fazendo barulho e Mary ficou arretada por alguns instantes e achou muito esquisito.

ASSUNTO: O Jardim Secreto Capitulo V 15/05/2009
Choro no Corredor- No começo do dia Mary acordou e viu Marta ajoelhado junto a lareira acendendo o fogo e escultou um choro no corredor e perguntou para Marta se ela estava ouvindo e não escultou nada e estava pensando que ela estava doida mas ouvindo um choro.

domingo, 31 de maio de 2009

7ª Semana Nacional de Museus


Nesta segunda-feira, na UNIRIO, O Instituto Brasileiro de Museus – Ibram, em ação conjunta com o Ministério do Turismo, lança, 18 de maio - dia internacional dos museus, a programação da 7ª Semana Nacional de Museus – sobre o tema Museus e Turismo.


A cerimônia de lançamento conta com a presença dos ministros da Cultura, Juca Ferreira, e do Turismo, Luiz Barreto, do presidente do Ibram, José do Nascimento Júnior, da reitora da UNIRIO, professora Malvina Tuttman, do vice-presidente do Conselho Internacional de Museus - ICOM, W. Richard West Jr., de diretores de museus, profissionais do setor museológico e da área da cultura.


Semana Nacional de Museus – SNM - Com o propósito de integrar os museus brasileiros e intensificar sua relação com a sociedade, a SNM acontece entre os dias 17 e 23 de maio, dando aos museus brasileiros mais oportunidades de tornarem reconhecido seu potencial, sua atratividade, pluralidade cultural e diversidade.

Na edição deste ano serão realizados 2.020 eventos em 615 instituições de todas as regiões do país. A Semana conta com programação diversa: projetos educativos e culturais, visitas monitoradas gratuitas, palestras, seminários, projeções de filmes, oficinas, espetáculos teatrais e shows, gincanas e outras inúmeras ações.
Fonte: DEMU

O museu de som e imagem de Cruz participa com campanha de doação de peças para o Museu bem como exposição monitorada por todo o período da Semana Nacional de Museus.

Obs. Uma das peças adquiridas de relevância para o Museu foi exatamente uma TV a válvulas que pertenceu ao 1º Pe. de Cruz - Mons. Edson Magalhães. Posteriormente esta teria pertencido ao 2º e atual Pe. Manoel Valdery da Rocha e foi doada pelo Sr. Zé Fabião como é conhecido durante esta campanha.

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Alunos de Lagoa Salgada na Biblioteca


Alunos produzindo suas fichas de Leitura

Juberlandia Farias, coordenadora da Biblioteca esclarecendo as dúvidas sobre a Ficha de Leitura



Os alunos de Lagoa Salgada participantes do Projeto Música na Escola, estão aprendendo um pouco mais sobre leitura. Em parceria com o Projeto Leitura Conectada os alunos estiveram presentes na Biblioteca e realizaram leitura de livros e o preenchimento de um nova ficha de leitura criada especialmente para este momento.
Estiveram presentes as representantes das Bibliotecas das Escolas da Sede e o Professor de Música Marcelo, que trouxe 22 de seus alunos para participarem da tarde de leitura. No final as fichas foram entregues a Coordenação da Biblioteca que avaliará e repassará a análise deste material no próximo encontro com eles ainda neste semestre letivo.

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Leitura Conectada em parceria com Projeto Música na Escola


Dias 19 e 27 de maio acontecem na Biblioteca Pública Municipal, um movimento de incentivo a Leitura por meio dos Projetos: Leitura Conectada e Projeto Música na Escola.


Dia 19/05, participa a Escola de Lagoa Salgada; dia 27/05 é a vez da Escola Maria Pereira Brandão.


Os alunos participantes do Projeto Música na Escola, farão uma visita durante toda a tarde na Biblioteca, onde serão realizadas leituras diversas em conjunto com as representantes das Bibliotecas Escolares que contribuirão com todo o processo da atividade.


Logo após a leitura alunos serão orientados sobre como preencher uma ficha de leitura sobre o determnando livro de sua escolha. Uma ficha com questionamentos reflexivos.


Espera-se desenvolver ainda mais o gosto pela leitura por meio do hábito e de desenvolver melhor a interpretação por meio da ficha de leitura.

Também serão propostos a apresentação de contação da história do livro lido por meio de grupos de alunos em forma de debate e roda de conversa.

sexta-feira, 24 de abril de 2009

23 de Abril - Publicação do Livro Eterno Admirador da Poesia

Entrega simbólica a seus convidados.
Entrega do livro a 1ª Dama Municipal

Homenagem do Cantador e amigo João Abraão



Leitura de Poesias por representantes de sua familia


Mesa com autoridades, familiares e o Escritor José de Farias Menezes

Homenagem do Coral Anjos de Deus da EEF Filomena Martins dos Santos ao novo representante da cultura literária cruzense - José de Farias Menezes


Familia presente ao evento

O Evento aconteceu na Biblioteca Pública Municipal Dra. Maria Inês de Farias em comemoração ao Dia Nacional do Livro.
Mais uma obra literária que servirá para pesquisas, leitura e apreciação e orgulho do povo cruzense.

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Dia do Livro - 18 de abril

Apresentação teatral da Brinquedoteca
Contação de historinhas por crianças
Biblioteca Volante na Brinquedoteca

A Brinquedoteca em parceria com a Biblioteca e os Amigos da Leitura, realizaram no dia 18 de abril uma atividade lúdica em comemoração ao dia do livro e a praça da Brinquedoteca foi palco de uma peça teatral, inspirada em" O livro que queria ser brinquedo", de Sandra Aymone na oportunidade, hove uma exposição de livros, incluindo obras de Monteiro Lobato, literatura de cordel, revistas e outros.


As crianças, jovens e adultos ficaram observando atentamente o teatro apresentado e mostraram-se felizes por ter participado daquele momento.


Foi uma tarde de aprendizado, brincadeiras e diversão para todos.

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Leitura Conectada / Proj Musica na Escola

Relatório Professor

O ano começou bem movimentado. Como todos os professores, tive que fazer uma seleção de alunos a partir do nivelamento realizado em dezembro de 2008, mas como é apenas o segundo ano do projeto música na escola na Raimunda Elvira Brandão, não ocorreram muitas mudanças em relação aos alunos do projeto.

No segundo momento marcamos uma reunião com os pais dos alunos, onde contamos com a presença do nosso coordenador de cultura Evaldo Vasconcelos. Na reunião tivemos a mobilização inicial, falamos um pouco das normas do curso e de uma novidade para os pais dos alunos do projeto, onde eles, alunos teriam que apresentar qualidade minima de leitura para poder participar de maneira efetiva do projeto, pois em caso de descumprimento das regras o aluno poderia ficar temporariamente fora do mesmo.

Nesse mês de março estamos contando com o apoio dos professores de arte, onde juntos estamos realizando com os alunos do projeto uma pesquisa sobre as figuras populares da localidade de Lagoa Salgada.


Prof: Marcelo Freitas

Leitura Conectada nas Escolas

EEF Filomeno Freitas Vasconcelos
Projeto Música na Escola
Relatório do mês de Abril
Em abril foram trabalhado os seguintes tarefas:Ensaio para a missa da páscoa; Ensaio para homenagear as mães; ensaio para apresentação na Rádio 6 de abril; Em parceria com a prof, de arte Elaine do 7º ano A e de seus alunos, foi realizado o mapeamento das expressões culturais, figuras populares (música); Incentivamos os alunos do projeto para que fizessem um desenho relativo ao nome do Coral Sopro de Esperança com objetivos da escolha do melhor para ser utilizado na confecção da blusa do coral; Continuamos a implantação do Projeto Leitura Conectada, incentivando os alunos e divulgando para os novatos; Realizamos a festinha da Páscoa com a dinâmica do “amigo doce”, com declamação de poesia, canto, e comentários sobre o tema Páscoa. Na ocasião foi servido um lanche dado pela Secretaria de Educação, estando presente as diretoras; Eunice e Josineuda; Os alunos novatos fizeram aulas teóricas com avaliação e iniciaram as aulas práticas; Foram recebidos novos membros para o coral.
Prof: Baltar
Abril de 2009

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Leitura Conectada / Proj Musica na Escola

EEF Raimunda Elvira Brandão
Projeto música na Escola
Relatório
A aula de música de abril foi muito legal eu principalmente adorei, pois aprendi várias músicas como por exemplo, sozinho de Caetano Veloso.Fico assim sem você de Adriana Calcanhoto ,bem mais que o tempo ou mando reis e será de Legião Urbana.
Também acho legal a importância da biblioteca volante que entrou como uma parte da aula de , melhorando cada vez mais a nossa leitura, é muito legal e também espetacular.
Nesse mês de abril eu toquei violão na missa da escola foi muito legal eu e meus amigos, eu gostei da aula, espero que os outros tenham gostado, esse foi o meu jeito de falar da importância da aula de música.
Ronaldo Felipe de Oliveira
8º ano, 12 anos

domingo, 19 de abril de 2009

Leitura Conectada nas Escolas

Resumo de texto produzido a partir da leitura dos alunos na EEF Filomena Martins dos Santos
EEF Filomena Martins dos Santos
Leitura Conectada
Resumo - GLUM O GNOMO
Glum era um pequeninho gnomo que adorava trabalhar, ele nunca ficava cansado, e cuidava de tudo no alto da serra.Certa vez, Glum encontrou uma rocha chorando pois queria conhecer casas novas, mas tinha um problema, rochas não saem do lugar, então glum que era bonzinho, levou a rochinha para passear no carrinho, eles passearam e andaram os quatros cantos do mundo, a rochinha ficou encantada com tanta beleza, chegando de volta ao alto da serra, ela começou a observar ao seu redor e pôde perceber que ali também havia beleza era só procurar e saber encontrar.
Maria Helena do Nascimento

Publicação do Livro: Coletânea Eterno Admirador da Poesia de:

José de Farias Menezes - O Sr. Zé Nonato como é conhecido.

Local: Biblioteca Pública Municipal Dra. Maria Inês de Farias

Horário: 17:30h
Data: 23 de abril de 2009 - Quinta - feira.

Apoio: Governo Municipal de Cruz

sábado, 18 de abril de 2009

Imagens do Pré-Lançamento do Livro Eterno Admirador da Poesia

Comemorações da Biblioteca Pública pelo Dia Internacional do Livro em Lagoa Salgada - Sexta - 17/04/09
Público presente ao Encontro
Entrega simbólica do livro pela 1ª Dama Municipal Maria Inês de Farias

Filha do Escritor realizando agradecimentos juntamente com ele - José de Farias Menezes


Palavra de representante da Comunidade homenageando o escritor



Leitura de Poesias do Escritor Zé Nonato por sua afilhada Vivia Monteiro

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Pré-Lançamento do Livro "Eterno Admirador da Poesia"

Comemorações pelo Dia Nacional do Li vro em Cruz
Capa do livro

O apoio dado aos escritores populares do Municípío, que faz parte do Plano de Governo Municipal, esta gerando frutos e mais frutos. Neste Governo já foram homenageados os Escritores: João Batista de Sousa, Jose Fabião Filho, o nosso ilustre amigo que a pouco se foi, o Sr. Antonio Pedro, O Sr. Zeca Muniz, o Sr. Messias Marques de Cajueirinho e a Elizabeth Albuquerque.

Dia 17 de abril, será apresentado a comunidade de Lagoa Salgada, que respira a poesia, terra do grande poeta e repentista Jose Fabiao Filho, um novo exemplar de nossa já extensa galeria de trabalhos literários. O livro Eterno admirador da Poesia, de José de Farias Menezes, o seu Zé Nonato, fazendo parte das comemorações do Dia Nacional do Livro que acontece todos os anos pela Biblioteca Pública Municipal.

Na ocasião convidados, amigos e familiares estarão presentes no encontro que fará parte da Reunião dos Conselhos da Assistencia Social em Lagoa Salgada.

Mais um escritor popular de nossa terra a ser homenageado com a publicação de seus trabalhos literários pelo Governo Municipal de Cruz, através do Projeto Cultura de Casa, da Secretaria de Educação e Cultura, que apóia com vigor o empenho e dedicação destas pessoas que disponibilizam um pouco de seus conhecimentos a comunidade cruzense. Como todos os outros trabalhos literários apoiados pelo Governo, este livro será ofertado a cada escola do município e a representantes ilustres, bem como a família do escritor.
O lançamento oficial do livro fica para semana seguinte, na Biblioteca Pública Municipal.

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Biografia do Escritor Popular de Cruz - José de Farias Menezes


José de Farias Menezes nasceu em 05 de Novembro de 1942 em Lagoa Salgada, filho de casal humilde, do agricultor Raimundo Nonato Menezes e Benedicta Magalhães de Farias. Sua infância foi marcada pelos trabalhos da roça com o pai e seus irmãos, mesmo com necessidades, dava preferência ao peso e calor do dia de trabalho à privacidade de uma sala de aula. Mas, por forte insistência de sua irmã, Rufina Magalhães, que era professora, recebeu algumas aulas noturnas, onde pacientemente o instruiu à leitura e à escrita, bem como o domínio das operações matemáticas.


Aos dezoito anos, casou-se com Genoveva Farias, prosseguindo assim, sua vida no campo e formando sua família, composta de sete filhos, José Avelar de Menezes, José Agnaldo de Menezes, José Albani de Sousa Menezes, Maria Socorro Menezes, Maria Vanderluce Menezes, Maria Vanderli Menezes e Maria Vanderlândia Menezes. Aos 44 anos foi acometido por um desarranjo na coluna, o que fez procurar outro meio de sobrevivência.Com sua força de vontade, logo galgou o posto de pedreiro, atividade que ainda hoje desenvolve, porém de forma mais lenta.


Hoje com 66 anos, dispõe de um bom tempo para ler e reler, admirar poesias e até mesmo compor alguns rudes e toscos versinhos como ele costuma falar, que constituem sua obra de vida.
Mais um escritor popular de nossa terra a ser homenageado com a publicação de seus trabalhos literários pelo Governo Municipal de Cruz, que apoia com vigor o empenho e dedicação destas pessoas que disponibilizam um pouco de seus conhecimentos a comunidade cruzense.

segunda-feira, 23 de março de 2009

Curso de Capacitação Para Auxiliares de Biblioteca

Durante os dias 23 a 27 de março de 2009, a Coordenadora da Biblitoeca Pública participa de uma Capacitação para Dinamização, atualização, Estudo de programas de cadastro de Livros, que serão disponibilizados a Esta instituição ainda este pelo Governo do Estado do Ceará.

A capacitação também é orientada por Bibliotecários e representantes da Secretaria de Cultura do Governo do Estado do Ceará em parceria com as Prefeituras Municipais.
Nota SECULT - Governo do Estado do Ceará.

A Secretaria de Cultura do Estado do Ceará( SECULT), por meio do Programa Por um Pacto Social pelo Livro, está realizando durante o período de 23 a 27 de março de 2009 nas cidades de Iguatu, Acaraú e Ubajara o Curso de Auxiliar de Bibliotecas Públicas Municipais.
Um dos principais objetivos deste curso é orientar os profissionais da área de biblioteconomia, no momento de implantar e modernizar as bibliotecas que estão recebendo o programa "Livro Aberto" da Fundação Biblioteca Nacional e Ministério da Cultura, o qual está beneficiando 29 municípios do estado do Ceará.
O Projeto Biblioteca Cidadã objetiva adquirir, até 2010, 3,5 milhões de livros para a população do Estado do Ceará, de aproximadamente 8,2 milhões de pessoas segundo dados de 2006 cedidos pelo IBGE, além de proporcionar condições favoráveis ao funcionamento de salas de leitura e bibliotecas existentes nos 184 municípios cearenses, e que, em média, beneficia 125 profissionais de 60 municípios do interior do Estado. Histórico - A Biblioteca Pública Governador Menezes Pimentel, em seus 142 anos de existência, é um dos equipamentos culturais mais antigos do Estado.
Possui atualmente um acervo composto por mais de 100.000 livros e cerca de 300 títulos de periódicos. Com a programação cultural “Biblioteca Cidadã de livros aberto para você!”, a BPGMP se firmará como centro irradiador de cultura, educação, informação e lazer. Desta forma, os usuários da biblioteca terão acesso a uma programação com oficinas, cursos, apresentações artísticas, exposições, contação de histórias, encontro com autores, lançamentos e outros, além da divulgação e qualificação da oferta dos serviços de rotina.
Contato para entrevistas: Karine David Coordenação do Programa Por um Pacto Social pelo Livro (85) 8878.8992

domingo, 22 de março de 2009

Leitura Conectada/Proj Musica na Escola


EEF Filomeno Freitas Vasconcelos ( Tucuns )
Musica na Escola

Relatório de trabalho

Este mês dei continuidade a revisão dos tons e músicas dos alunos que não tem instrumento em casa, e quem foi terminando passou a receber o material novo. Fiz a matrícula de alguns novatos e iniciei as atividades do coral Sopro de Esperança.
Foi implantado o Projeto Leitura Conectada junto com o Projeto Música na Escola,no qual é muito importante para o incentivo da leitura, onde as crianças podem vivenciar a magia dos livro, viajar no mundo das histórias, dos personagens e aprofundar mais seus conhecimentos sobre vários assuntos e algumas teorias do curso que eles participam.
Participei do planejamento junto com as professoras de arte, um momento muito bom, onde repassei o objetivo desta parceria professor de música com os de arte e mostrei os conteúdos do livro de arte - Série Link, livro sugerido no planejamento dos professores de música na biblioteca.
Apresentei a apostilha criada para o Projeto de Leitura, onde elas gostaram muito, acharam importante e querem trabalhar na sala. Pediram também como apoio um cd com músicas de vários stylos e épocas, distribui as fichas das figuras popular a Elaine, professora do quinto ano, para trabalhar com a turma.
Prof: Baltar Silva
Março de 2009

sexta-feira, 20 de março de 2009

Leitura Conectada nas Escolas

Projeto Leitura Conectada
EEF Filomena Martins dos Santos
Relatório de Leitura



Este livro conta muitas histórias e lendas de povos antigos que necessitavam da natureza para sobreviver. A Mata Atlântica era considerada um grande reino cheio de biodiversidade.

As florestas para eles eram sagradas e de lá tiravam o seu sustento. Diziam os mais velhos que as pessoas e as plantas são como uma música, se sairmos do ritmos ela vai desandar.Nas tribos indígenas o pajé era o encarregado de manter a tradição daquele povo, resgatando os costumes e a cultura.

Quando alguém ficava doente o pajé chamava as árvores, pois eles acreditavam que as plantas e os seres vivos tem espirito e assim o curavam.A história do livro das árvores nos deixa uma lição. Todos nós devemos nós conscientizarmos da importância dos seres vivos em nosso planeta. Por isso, devemos cuidar bem do meio ambiente.



Aluno:Aílton Alan de Vasconcelos
9º ano - Canema

quarta-feira, 18 de março de 2009

Leitura Conectada nas Escolas

Relatorio do Aluno

Este ano as aulas de música estão sendo bem proveitosas, pois o projeto de leitura esta influenciando várias pessoas a lerem.

No anos anterior o desempenho dos alunos era menor, pois não tinha a preocupação de sair, e hoje temos que ler 10 horas por mês para continuarmos no curso.

O projeto de música está abrindo portas para muita gente, pois além de influenciar a ler, ensina a tocar instrumentos musicais, e quem sabe um dia poderão serem grandes professores de música.


Aluno:Alessandro Álison Vasconcelos
12 anos 8º ano B

terça-feira, 17 de março de 2009

Leitura Conectada nas Escolas

Relatório de Alunos

No mês de Março, no começo do ano revisamos todas as músicas. No inicio do mês achamos legal o Projeto novo que surgiu. Que se chama Leitura Conectada.Nele temos que ler livros para continuar no curso e no coral e temos também que ler para utilizar os computadores.

Nós achamos esse projeto uma maneira de incentivar os alunos a ler.No coral estamos ensaiando músicas novas para apresentar no dia da missa da Páscoa. No coral também recebemos uma noticia que vamos receber nossas novas fardas.


Maria Aparecida Ferreira Vasconcelos
7° ano A


Estudos de Textos

O Violão no Brasil
Resumo: Eu achei interessante a parte que o violão aranhou nome de vagabundagem por ser tocado por ritmos diferentes e também tinha uma briga com a viola.
A História do ViolãoResumo: eu achei importante nesse texto como surgiu o nome “violão”. Antes os Portugueses chamavam de viola, mas como esse nome era muito usado por todos, para não ficar por baixo, puseram no aumentativo e em vez de viola ficou violão.

As Pintas do Preá
Resumo: Saíram um, dois, três, enfim, saíram da toca seis preás e um falou: vamos brincar de uns pintar os outros, depois de todos pintados outro falou:vamos brincar de esconder, achavam todos menos um com pintas.

Mariana
Mariana era uma menina pequenina, abria a porta e dizia, bom dia, seus avós diziam que era uma menina mimada porque é criada com muito amor e era menina sapeca.

Alunos da EEF Filomeno Freitas Vasconcelos - Tucuns - Março de 2009

segunda-feira, 16 de março de 2009

Semana da Biblioteca 2009

Biblioteca Volante nas Escolas de Tucuns - 11/03/2009 e Escola de Lagoa Salgada - 17/03/2009 como suporte ao Projeto Leitura Conectada e Projeto Música na Escola.
Fazendo parte da Semana da Biblioteca 2009 a Coordenação de Cultura de Cruz e Coordenação da Biblioteca Pública em Parceria com ASSEF, promovem o Cinema na Comunidade em Preá : dia 20/03 - 18:30h – com apresentação de Curtas animados infantis e filme para adolescentes e adultos;
Dia 25/03 - 14h - Apresentação da Arvore Genealógica das familias de Cruz pela Escritora do Livro "Era uma vez na Cruz" de Elisabeth Albuquerque.


Dia 27 de Março -
Local – Cajueirinho – dia 27/03/2009 – a partir das 15h

Reunião Ordinária do CMAS tendo como um dos atrativos o lançamento do Livro Memórias do Cajueirinho de Manoel Messias de Freitas em sua comunidade natal.
Programação Apresentação dos alunos do Projeto Musica na Escola Apresentação da Biografia em Vídeo do Escritor produzida pela Escola de Cajueirinho Leitura da Apresentação do Livro realizada pelo Cônego Manoel Valdery da Rocha Fala do Escritor / Fala de representantes da família / Autografo pelo escritor do livro Fala do Diretor da Escola Apresentação do Projeto Professor da Família - Valda Demonstração da árvore genealógica para alunos das escolas e incentivo a formação de suas arvores genealógicas;
Apresentação dos alunos do Projeto Capoeira da Escola

quarta-feira, 4 de março de 2009

Proj Leitura Conectada - Imagens da BPM

Alunos assiduos em leitura na Biblioteca Pública Municipal Dra. Maria Inês de Farias no Projeto Leitura Conectada.






segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Biblioteca Volante em Lagoa Salgada



Em Parceria com o Projeto Música na Escola, que este ano tem em seu rol de atividades incentivo a Leitura, a Biblioteca Pública Municipal Dra. Maria Inês de Farias ira realizar mensalmente a Biblioteca Volante na localidade de Lagoa Salgada.

A Biblioteca Volante levará uma variedade de livros e contará com duas funcionárias da biblioteca que agilizarão os trabalhos de empréstimo e controle das fichas de acompanhamento dos alunos e comunidade.

O objetivo e levar a leitura nao só aos alunos participantes do Projeto Música na Escola, mas também a todos os outros alunos participantes e comunidade em Geral, levando uma boa leitura e disponibilizando novos espaço de leitura as comunidades mais afastadas da sede que nao contam com esse equipamento cultural na localidade.

O Projeto visa atender diretamente 55 crianças do projeto e indiretamente mais outras 50 em Lagoa Salgada. No projeto total serão beneficiadas por meio das Bibliotecas Escolares e Pùblica Municipal aproximadamente 500 crianças e adolescentes.

O cronograma de visitas ja esta sendo agendado e acontecerá da seguinte forma:
Escola de Lagoa Salgada - Creche - 10/03/09 - 24/03/09 - 26/04/09 - 05/05/09 - 19/05/09 - 16/06/09